O Balneário do Retiro de Veranópolis

Um lugar que no verão deve ficar bem movimentado. O balneário do Retiro fica na saída de Veranópolis para Cotiporã. Acho que é um local público, mas tem horário de funcionamento.

img_20190730_132630718_hdr4150537678816926743.jpg

img_20190730_132742586_hdr2566010488063487539.jpg

Tem espaço para fazer churrasco.

img_20190730_133543868_hdr4281769546814730398.jpg

img_20190730_133046878_hdr9125572228385857718.jpg

img_20190730_133527300_hdr5994531696306531697.jpg

Geralmente água de rio é bem fria, mas tem quem goste.

img_20190730_132635200_hdr472851332519653554.jpg

A entrada do Balneário fica ao lado desta ponte.

img_20190730_134056909_hdr1198293546837859327.jpg

img_20190730_134115650_hdr6151109181875890415.jpg

A partir de Cotiporã é possível chegar a Bento Gonçalves.

img_20190730_134034638_hdr4350229594382580931.jpg

Tanto Veranópolis quanto Cotiporã fazem parte do roteiro da Longevidade. Terra muito bonita para visitar. Confira também minhas fotos no Instagram.

Uma ponte histórica no Rio das Antas

A ponte é a Ernesto Dornelles, mais conhecida como a Ponte do Rio das Antas. Fica na RS-470, entre Bento Gonçalves e Veranópolis. A construção aconteceu na década de 40 e durou cerca de 10 anos. Foi inaugurada no começo dos anos 50 e, na época, era a maior ponte construída na América do Sul.

IMG_4906

A ponte tem 287 metros de extensão e 46 de altura, sobre as águas do rio das Antas.

IMG_4908

IMG_4907

A demora na conclusão da ponte é explicada pelas divergências em relação ao modelo de ponte que deveria ser adotado.

IMG_4910

IMG_4911

O importante é que a ponte é bonita e fundamental para ligar duas cidades da Serra Gaúcha. 

IMG_4909

Subindo a RS-470 em direção a Veranópolis, há o Mirante do Espigão, à direita de quem sobe.

IMG_4912

IMG_4913

IMG_4914

A BR-470 está com asfalto novo no trecho entre as duas cidades, após vários anos de situação bem ruim. Ficou mais fácil fazer este passeio de carro. Mais fotos de viagens no Instagram. Ou no Twitter.