Uma ponte histórica no Rio das Antas

A ponte é a Ernesto Dornelles, mais conhecida como a Ponte do Rio das Antas. Fica na RS-470, entre Bento Gonçalves e Veranópolis. A construção aconteceu na década de 40 e durou cerca de 10 anos. Foi inaugurada no começo dos anos 50 e, na época, era a maior ponte construída na América do Sul.

IMG_4906

A ponte tem 287 metros de extensão e 46 de altura, sobre as águas do rio das Antas.

IMG_4908

IMG_4907

A demora na conclusão da ponte é explicada pelas divergências em relação ao modelo de ponte que deveria ser adotado.

IMG_4910

IMG_4911

O importante é que a ponte é bonita e fundamental para ligar duas cidades da Serra Gaúcha. 

IMG_4909

Subindo a RS-470 em direção a Veranópolis, há o Mirante do Espigão, à direita de quem sobe.

IMG_4912

IMG_4913

IMG_4914

A BR-470 está com asfalto novo no trecho entre as duas cidades, após vários anos de situação bem ruim. Ficou mais fácil fazer este passeio de carro. Mais fotos de viagens no Instagram. Ou no Twitter.

Um olhar do Mirante

Subindo a BR-470 para Veranópolis, já no topo da serra, fica o Mirante do Espigão, à direita de quem sobe, logo depois da faixa dupla. É um lugar especial, com uma vista do Rio das Antas e da usina de Monte Claro. Pare o carro, vale a pena perder algum tempo por lá.

DSCN6386_640x480

DSCN6387_640x480

Na última vez que passei por lá o dia estava ensolarado, sem nuvens.

DSCN6388_640x480

DSCN6389_640x480

DSCN6391_640x480

No Mirante tem um local para lanches, que também vende produtos coloniais. Pare para um café e aprecie a vista.