Encontro do Rio Turvo com o Rio da Prata

O encontro desses dois rios acontece no limite dos municípios de Protásio Alves e Antônio Prado. Eu cheguei lá a partir de Protásio Alves. Por uma estrada de chão estreita mas boa para percorrer com qualquer tipo de veículo.

A ponte que se vê ao longe é a ferroviária. A ponte para carros é estreita e mais baixa.

O local é turístico.

Os rios são bem calmos na região.

Eu tinha saído de Protásio Alves e meu destino era Antônio Prado. Atravessei a ponte rodoviária e segui em frente pela estrada de chão. Tem alguns trechos com pedras, mas nada que prejudique o passeio.

Depois desse trecho de encontro com a estrada de ferro fica a RS-437, que eu já percorri antes, e é caminho para Antônio Prado. A estrada está boa, tem apenas muito pó.

A RS-437 começa na BR-470 em Vila Flores. Lá em cima, quase em Antônio Prado, ela encontra a RS-448, que leva a Nova Roma do Sul. A partir dessa confluência, o trecho está em obras de asfaltamento. Há bastante pedregulhos e muito, mas muito pó, mas vale a pena o passeio. Confira mais fotos de viagens lá no meu perfil no Instagram.