A minha Copa do Qatar durou 5 minutos

Sim, eu sei. Este é um site de viagens e turismo, mas existem várias maneiras de viajar. Podemos viajar lendo um livro, vendo um filme, ouvindo uma música, ou apenas na imaginação. Então imaginem que estamos no Oriente Médio, onde acontece mais uma copa da Fifa.

Agora vamos falar dos 5 minutos. Liguei a TV, hábito que perdi há 2 anos, e me preparei para assistir à copa do Qatar. A seleção local contra o Equador. Jogo começou eletrizante, com gol aos 3 minutos. Dois minutos depois a surpresa. O gol não valeu e ninguém entendeu realmente por quê.

Naquele momento desisti da Copa. Entrou em cena uma das maiores burrices inventadas no futebol, o tal de VAR. Não sou contra mudanças, mas acho que uma mudança deve ser sempre no sentido de melhorar alguma coisa. O Var é uma imbecilidade. Acabou com a graça no futebol. Erros sempre ocorreram, quem não lembra do famoso gol do Maradona em 1986?

Pois este gol jamais aconteceria hoje. Ah, o gol do Maradona foi injusto? Sei lá, talvez sim, talvez não, mas ficou na história como o gol mais famoso do craque argentino. Hoje, acontece um lance duvidoso, entra em ação o tal Var, que várias vezes já tomou decisões polêmicas. E erradas. Aí a gente fica 3, 4, 5 minutos esperando para comemorar o gol, ou para comemorar um pênalti, enfim, tirou toda a graça do jogo. Futebol é feito de erros e acertos da arbitragem. Aí é que está a graça. O Var tornou o jogo burocrático, com lances polêmicos dependendo da decisão de seres, digamos invisíveis? Acho que não. A foto abaixo é inédita e mostra um dos integrantes do tal VAR…

Não sei quem vai ganhar a copa e nem me interessa. Se alguém me perguntar o que eu acho do Mundial, vou responder: ah, vá se catar…