Pinhal Grande e a Usina de Itaúba

Pinhal Grande era a última cidade do roteiro que cumpri em maio pela Fronteira Oeste e Região Central do Estado. Em números atualizados e conferidos, chego a 416 cidades gaúchas que conheço. Faltam 81 para fechar todas as 497. Pinhal Grande fica já no limite da Região Central, subindo para as Missões e Planalto. Para chegar lá é quase só estrada de chão. A pouco menos de 10 km do centro, aparece finalmente o asfalto.

img_20190518_1528472788376165731143438256.jpg

Em Pinhal Grande também há pouco o que fotografar.

img_20190518_154200460_hdr4870436173878815151.jpg

Meu destino depois era a cidade de Sobradinho, na região Centro – Serra, para passar a noite. A estrada é de chão até o asfalto, em Estrela Velha. No caminho, a usina hidrelétrica de Itaúba e a barragem.

img_20190518_161556245_hdr4957303989123176827.jpg

A estrada passa na parte de cima da barragem, na frente da usina. Lugar bem bonito.

img_20190518_161842462_hdr216576472201447889.jpg

img_20190518_161847095_hdr201072892449264052.jpg

img_20190518_162205718_hdr8296419727374151317.jpg

img_20190518_162215148_hdr3678814745849421099.jpg

O final de tarde já se aproximava. A foto abaixo foi feita já no asfalto, descendo de Estrela Velha até Sobradinho, passando por Arroio do Tigre.

img_20190518_1629115572807705647602915205.jpg

Esta região conhecida como Centro-Serra tem uns trechos muito bonitos na RS-400, que vai até Candelária, na BR-287. É um passeio bem legal de se fazer pelo RS. Confira mais fotos de viagem no meu perfil no Instagram. Ou no Twitter.