Passeio pelo Vale do Caí e regiões próximas

Um roteiro feito num fim de semana de agosto, saindo de Porto Alegre rumo ao Vale do Caí. Passando pelas BR 448 e 386, até entrar numa estrada que leva a Portão e Capela de Santana, na altura de Nova Santa Rita. Passei por um local conhecido como mirante Boa Vista, no interior de Portão.

De lá segui para Pareci Novo e, no caminho, encontrei uma casa antiga.

Era um sábado e a primeira noite passei em Montenegro. No domingo voltei para a estrada. Grande parte desse roteiro foi feito em estrada de chão.

No interior de Maratá uma pequena capela de cor laranja.

Uma casa antiga abandonada.

Depois, segui em direção a Brochier, passando pela localidade de Pinheiro Machado e sua igreja luterana.

Seguindo em frente, fui parar em Poço das Antas, na localidade de Boa Vista, onde tem uma pequena gruta religiosa.

De Poço das Antas fui até Lajeado, para passar a segunda noite desse roteiro de um fim de semana. No total, foram pouco menos de 300 km de estrada. Confira mais de minhas viagens por aí em fotos lá no Instagram.

Passando pela Picada Felipe Essig, em Travesseiro

Um passeio de carro pelo Vale do Taquari. Saindo de Lajeado pela BR-386 em direção ao Norte. A rodovia está em obras de duplicação. Na saída de Lajeado tem vários trechos quase prontos.

Depois da BR-386, entrei em Marques de Souza, onde peguei uma estrada municipal em direção Norte, seguindo o traçado do Rio Forqueta. A primeira parada é uma igreja luterana na Picada Felipe Essig.

Na frente da igreja, uma casa de madeira escondida pelo milharal.

Seguindo em frente, uma antiga casa verde.

Depois encontrei outra igreja luterana, da congregação São Pedro.

Circulando de carro, é possível encontrar diversas casas de madeira.

Esta estrada começa com asfalto em Marques de Souza, mas depois vira estrada de chão, em bom estado. Melhor até que algumas estradas asfaltadas que a gente encontra por aí. Confira mais fotos de viagem no meu perfil no Instagram.

Saindo de Sete de Setembro para Ubiretama

Três cidades bem pequenas neste Post. Sete de Setembro é conhecida como Cidade das Águas. Cheguei lá a partir da BR-392. Na chegada tem a ponte sobre o Rio Comandaí.

img_20191008_1120434449059270847451982991.jpg

Ao longe se vê a Capela São Roque.

img_20191008_1121160233359641822860906556.jpg

img_20191008_1123177096585561488821950219.jpg

De Sete de Setembro pegamos a estrada de chão para Senador Salgado Filho. Outra cidade bem pequena da região.

img_20191008_1236270346537772955025798562.jpg

img_20191008_1236455181458277706702842363.jpg

img_20191008_1236505108364376561684220343.jpg

A última cidade do Post é Ubiretama, que é ligada a Senador Salgado Filho por estrada de chão.

img_20191008_1301513377075060765473652918.jpg

img_20191008_1300590064458637178427335284.jpg

img_20191008_1301092614731873920540508592.jpg

A prefeitura.

img_20191008_1303071856250623736866443673.jpg

img_20191008_1303207233589205822300351210.jpg

Estas três cidades são vizinhas e foram visitadas rapidamente numa manhã. Mesmo seguindo por estrada de chão, a viagem foi rápida porque as estradas não estavam ruins. Saindo de Ubiretama para Cândido Godoi, fotografei esta casa antiga, às margens da estrada.

img_20191008_1312520698666369079891683576.jpg

No próximo Post algo inusitado que conheci na cidade de Cândido Godoi. O Post sai amanhã. Nesta semana as postagens serão diárias. Até sexta-feira encerro a série sobre a viagem para conhecer as cidades que faltavam no RS. Confira mais fotos das viagens lá no meu perfil no Instagram.