Comunidades pelo interior de Monte Belo do Sul

Um passeio pelas estradas municipais de Monte Belo do Sul, a partir da entrada da cidade. Onde tem um mirante, em vez de entrar à esquerda, para o centro, peguei a direita, seguindo para a zona rural. A primeira passagem foi numa pequena capela, na comunidade de São Paulo.

Um pouco mais adiante tem a capela de São Pedro.

A maior parte do roteiro é por estrada de chão, em meio a vinhedos.

Dez vez em quando tem trechos com asfalto e alguns capitéis.

A igreja da comunidade de Nossa Senhora de Caravaggio é maior.

Na frente da igreja tem uma vinícola, com um prédio bem bonito.

O interior de Monte Belo do Sul tem muito lugar bonito para conhecer. O acesso à cidade é feito pela mesma estrada do Vale dos Vinhedos. Confira mais fotos de viagens no meu perfil no Instagram.

Pela região da Vila Jansen, em Farroupilha

Circulando pelo interior de Farroupilha, fui parar na Vila jansen, na RS-448, a estrada que leva a Nova Roma do Sul. Pegando uma estrada à direita, ao lado da vinícola, fui parar numa pequena capela, a de Maria Assunta in Cielo.

Como se vê, a capela é de 1904, mas não encontrei muitas referências sobre ela.

Fica numa área bem bonita.

Mais adiante, na estrada, um casarão de madeira.

Voltei para a 448 por outro caminho, passando pela comunidade de São Paulo.

Na região tem um parque para esportes radicais e uma cascata, mas esta estava fechada. Funciona um camping que abre nos fins de semana. No centro de Farroupilha, a antiga estação ferroviária foi reformada.

Nova Vicenza é o antigo nome da região. Na época dos primeiros imigrantes. Depois virou Farroupilha. Confira mais fotos de viagens no meu perfil no Instagram.

Uma capela histórica em São Domingos do Sul

Esta pequena capela de madeira surpreende quem passa pela região, no interior de São Domingos do Sul. É a capela de São Gotardo, na comunidade do mesmo nome.

O prédio foi tombado pelo patrimônio histórico.

A capela foi construída pela comunidade na década de 40.

A estrada para chegar à comunidade de São Gotardo tem calçamento.

Nesse mesmo dia percorri outras comunidades da região. Também em São Domingos, visitei a capela de São Valentim.

No município vizinho de Vanini, passei pela comunidade de São Paulo.

Também em Vanini, a comunidade de Nossa Senhora da Salete que, no Google Maps, está indicado em lugar errado. Na verdade fica uns 3 ou 4 km adiante. Já pedi para corrigirem no mapa.

Toda essa parte final do roteiro foi por estrada de chão.

No geral, as estradas de chão dessa região estão boas. Algumas tem alguns pedregulhos, resultado do tipo de solo. E por causa da falta de chuva, pó é o que não falta. Confira mais fotos de viagens no meu perfil no Instagram.

Comunidades no Vale dos Vinhedos

Uma das atrações turísticas de Bento tem pequenas comunidades espalhadas pelo interior. Eu geralmente chego no Vale dos Vinhedos a partir de Garibaldi, passando pela Estrada do Sabor. Na saída da cidade, descobri uma pequena casa abandonada e semi destruída.

Fica bem na frente de um riacho.

Há vários caminhos para chegar ao Vale dos Vinhedos. A maioria tem asfalto e partes em estrada de chão. Já em Bento, visitei a comunidade de Santa Lúcia, perto da estrada conhecida como a Via Trento.

De lá segui direto para Monte Belo do Sul. Na entrada da cidade tem este castelo, que pertence a uma vinícola, a Cave Brandalise.

Muita gente para o carro para fotografar.

Já em Monte Belo do Sul, peguei uma rua à direita, na entrada da cidade. Fui parar na capela de São Paulo, que é bem simples.

Toda a região é povoada de vinhedos.

Eu falei lá em cima da Via Trento, em Bento. Também passei por lá e fotografei esta bela capela.

A área em frente à igreja de Monte Belo do Sul foi remodelada e tem um calçadão. Ficou bem bonito. Será assunto para o próximo Post. Confira mais fotos de minhas viagens lá no Instagram.