Na região onde ficavam as Sete Quedas

O salto das Sete Quedas desapareceu no começo dos anos 80, com a inauguração da hidrelétrica de Itaipu. A formação do lago inundou a cachoeira, que era uma das maiores do Brasil. Em 82, antes do parque fechar, houve uma corrida de turistas. Uma ponte pênsil caiu e 32 pessoas morreram. Este acidente foi muito noticiado na época. A cidade de Guaíra fica no oeste do Paraná, na divisa com o Mato Grosso do Sul. Bem às margens do Rio Paraná, onde fica Itaipu e onde ficavam as Sete Quedas.

img_20200128_1014298442643285350531924335.jpg

Ao longe é possível ver a ponte Ayrton Senna, que tem mais de 3 km de extensão e liga o Paraná ao Mato Grosso do Sul.

img_20200128_1014477871069008195768770494.jpg

Entre as atrações de Guaíra está esta bela igreja de pedra, que tem 85 anos. Dizem que foi feita com pedras tiradas das Sete Quedas, mas acho que é dito popular.

img_20200128_1007094943965067577728298159.jpg

img_20200128_1007527377318951099820653593.jpg

Perto dali fica o museu, com fotos das Sete Quedas e informações de como era esta atração turística.

img_20200128_1028291541341412052975327486.jpg

O museu fica bem na frente de uma praça.

img_20200128_1027263902654028552809944524.jpg

img_20200128_1026420024982205301112180777.jpg

img_20200128_1027067256871165865652838539.jpg

Guaíra é uma cidade bem quente, então optei por um hotel com piscina.

img_20200127_1558189237855303373652399071.jpg

Antes de chegar a Guaíra, depois de sair de Dionisio Cerqueira, passei por outro importante rio da região, o Iguaçu, que forma as famosas cataratas de Foz do Iguaçu.

img_20200127_1014312614069479929402309665.jpg

img_20200127_1023157475406420685618808927.jpg

A viagem de Dionisio Cerqueira para Guaíra é bem complicada no trecho de Santa Lúcia. A BR-163 está em obras de duplicação e tem intenso movimento de caminhões. É preciso ter paciência em alguns momentos. Mais perto da BR 277 e de Cascavel há trechos duplicados e aí fica uma beleza. Mas me parece que a duplicação da BR-163 pode ser comparada à obra da BR-116 aqui no RS. Vai devagar quase parando…. No próximo Post vamos atravessar o Rio Paraná e chegar ao Centro Oeste brasileiro. Confira mais fotos no meu perfil no Instagram.

 

Passeio pela Argentina e Uruguai

Este post é sobre a viagem de ônibus e barco que fiz em fevereiro de 2019 à Argentina e ao Uruguai. A saída de Porto Alegre foi de ônibus em direção a Buenos Aires. A viagem dura cerca de 20 horas. Fui pela empresa JBL mas não recomendo. Tente a Flecha Bus. Talvez a TTL. A JBL tem muitas paradas, perde-se muito tempo. Bem, Buenos Aires é uma cidade bem bonita. Fiquei num hotel na Calle Florida, no calçadão, quase ao lado do Parque San Martin. Caminhando pelo centro da capital argentina o visitante encontra muitos prédios antigos.

A Praça de  Maio e a Casa Rosada ficam perto do centro.

O bom é comprar uma passagem do Bus Turismo, que custa cerca de 90 reais por 2 dias. Depois é só passear e curtir a cidade.

Um lugar bem bonito é o Jardim Japonês. O ingresso custa cerca de 10 reais.,

A Livraria Ateneo na avenida Santa Fé fica na Recoleta. É outro lugar imperdível. No palco, funciona um café. O local era um antigo teatro.

A Recoleta tem lugares bem bacanas para um café da tarde.

Também andei pelo Caminito, mas as fotos ficaram no meu antigo celular, que foi roubado lá. Um cara passou de bicicleta e levou. Um descuido de minha parte. Não ande com celulares à vista por lá. De resto, minha viagem a Buenos Aires foi tudo bem. De lá peguei o barco para Colônia de Sacramento, no Uruguai. Pelo barco rápido, a travessia dura cerca de 1 hora.

Colonia é uma cidade histórica e caminhar pelo centro é bem legal.

No fim da tarde o bom é curtir o por do sol.

O custo de vida no Uruguai é meio alto. Uma refeição boa dificilmente sai por menos de 50 reais. O ponto positivo é que a carne é ótima. A última etapa da viagem foi em Montevideu. A cidade tem alguns atrativos no centro, como a entrada da Cidade Velha e a Praça da Independência.

Prédios antigos e majestosos podem ser vistos por todo lado.

Faça um passeio guiado pelo teatro Solis.

Há também visitação no Palácio Salvo, ao lado da Praça da Independência.

Na Rambla, é possível curtir o por do Sol.

Pocitos e Punta Carretas são dois destinos para quem gosta de ficar de frente para o mar.

Mas o legal mesmo é caminhar pelo centro.

A foto abaixo é do interior do teatro Solis.

De Montevideu voltei para Porto Alegre de ônibus. Pela empresa argentina EGA. Viagem muito tranquina. Dura umas 12 horas, e tem serviço de bordo. Se você for ao Uruguai e para algumas cidades argentinas, consulte se há passagens pela Ega. É a melhor das empresas que servem os dois países. Tenho planos futuros de voltar ao Uruguai, desta vez de carro. Quero ficar hospedado em Pocitos, para variar um pouco. Nas três vezes em que lá estive fiquei na Ciudad Vieja. Confira mais fotos de viagem no meu perfil no Instagram. Ou no Twitter.

Um pouco de Buenos Aires

No começo de 2014 cheguei à capital argentina de Buquebus, a partir de Colônia do Sacramento, no Uruguai. Me hospedei bem no calçadão, no centro e num fim de semana saí para conhecer Buenos Aires. Uma das regiões mais bonitas é El Caminito.

IMG_3915

Tem trilhos mas lá não passa o trem.

IMG_3920

Tem cafés, bares, restaurantes e lojas. E muita gente.

IMG_3924

IMG_3929

IMG_3932

O rio Riachuelo, um afluente do Rio da Prata que, inclusive, é bastante poluído.

IMG_3927

Uma das coisas que mais chama a atenção para quem circula por El Caminito em Buenos Aires é o colorido de alguns prédios.

IMG_3918

IMG_3919

Na região existem, além de lojas, restaurantes, bares e cafés.

IMG_3921

Quem não quiser consumir, pode apenas passear pelas ruas estreitas.

IMG_3923

IMG_3926

Claro que sempre é bom fazer umas comprinhas.

IMG_3931

IMG_3933

IMG_3930

Outro ponto turístico é o cemitério da Recoleta, onde fica o túmulo de Evita Peron.

IMG_3945

IMG_3946

IMG_3947

Na entrada há uma lista das pessoas sepultadas lá. Abaixo, o de Evita.

IMG_3953

 

IMG_3952

IMG_3954

Buenos Aires tem ainda a livraria Ateneo. É famosa na capital da argentina. Funciona no prédio de um antigo teatro. No palco, foi instalado um café. Além disso, a livraria possui salas de leitura e outros lugares especiais no meio aos livros.

IMG_3939

IMG_3941

IMG_3943

A sede do governo argentino é a Casa Rosada. Fica localizada no centro de Buenos Aires, não muito longe do obelisco da 9 de Julho. E fica bem na frente da Plaza de Mayo.

IMG_3892

A Casa Rosada é cercada para evitar a aproximação de manifestantes, que estão sempre reunidos na praça.

IMG_3895

A Casa Rosada não serve de moradia para o presidente argentino. É apenas a sede do governo.

IMG_3896

E embora o nome seja Casa Rosada, lá dentro tem um salão azul.

IMG_3900

O local usado para solenidades e coletivas de imprensa.

IMG_3907

A seguir fotos da perte interna.

IMG_3902

IMG_3904

IMG_3905

Assim como o Palácio do Planalto, em Brasília, a Casa Rosada é bastante procurada para visitação por argentinos e turistas.

IMG_3908

Buenos Aires tem no centro prédios bem antigos, assim como Montevideu, mas é mais bonita que a capital do Uruguai. Mais fotos de viagens no Instagram. Ou Twitter.

Vale a pena usar o ônibus turismo em Buenos Aires

Quem visita a capital da Argentina tem um excelente meio de transporte para conhecer bem a cidade. O ônibus turismo tem 3 rotas, que podem ser aproveitadas com uma única passagem. Para 2 dias, o valor fica em cerca de 150 reais. O passageiro pode utilizar quantas vezes quiser. E em Buenos Aires há muito o que conhecer. No roteiro azul, por exemplo, um dos destinos certos é o Caminito, com suas casas coloridas.

Lá o turista tem a disposição bares e restaurantes e uma infinidade de lojinhas que vendem de tudo. El Caminito fica na Boca, o bairro do Boca Juniors.

Tudo no bairro gira em torno do time.

É um bairro pobre e uma curiosidade são as casas com paredes de zinco.

Muitas são pintadas.

Além do Caminito e da Boca Buenos Aires tem muitos parques. Perto do centro tem o San Martin.

Na região da Recoleta, tem a Praça das Nações Unidas com a flor metálica que fecha de noite e abre de dia.

Lá perto tem o Jardim Japonês, que cobra ingresso, e o Rosedal, que é de graça.

Em todos os parques por onde passei me chamou a atenção a limpeza e o grande número de pessoas. Além dos parques, Buenos Aires tem uma infinidade de prédios antigos.

Nesta antiga estação funciona um shopping de out let.

Neste prédio majestoso na Calle Flórida fica um enorme shopping.

Passeando pela cidade, o turista encontra outros.

Às vezes, Buenos Aires parece o Rio e em outras, lembra Curitiba. O bairro de Palermo tem um polo gastronômico.

E a cidade é cheia de avenidas largas.

Uma das partes mais bonitas da cidade é a região do Puerto Madero, o bairro mais novo de Buenos Aires.

Buenos Aires tem ainda a elegante Recoleta e a histórica Plaza de Mayo, entre outras atrações. Uma é a homenagem a personagem de quadrinhos Mafalda, em San Telmo. O criador da Mafalda nasceu aqui. Acho que este post deixou um gostinho de Buenos Aires. Quem sabe sua próxima viagem seja para lá… Eu também tenho fotos no Instagram. E no Twitter.