Passando pela Linha Teutônia, em Tapera

Quem viaja entre Espumoso e Tapera passa pela Linha Teutônia. Da estrada a igreja é avistada, e eu fiquei curioso para saber o que mais tinha por lá.

A estrada para chegar à Linha Teutônia tem trechos de chão e trechos com calçamento. É bem perto da rodovia.

É mais uma das comunidades do Interior do RS que ganha registro aqui. Aliás, tem lugares onde só tem fotos minhas no Google Maps. Quase ninguém mais vai lá. Na verdade, esse roteiro feito em agosto começou em Pouso Novo, às margens da BR 386. Saí do Hotel do Gringo numa manhã com algum nevoeiro.

Depois de um café no Restaurante das Cuias, em Fontoura Xavier, fui conhecer uma pequena capela às margens da BR-386.

Depois passei pela Linha Teutônia, entrei em Tapera e peguei uma estrada de chão que leva à Selbach, atravessando o Rio Colorado.

Na cidade de Selbach, esta casa tem uma placa dizendo que lá funciona ou funcionava uma biblioteca.

Depois de Selbach passei em Ibirubá para o almoço e depois segui para XV de Novembro, uma pequena cidade ao lado. Na estrada, dois casarões centenários.

Na localidade de Rincão Seco, em Ibirubá, encontrei esta igreja que parece meio abandonada.

A região Noroeste gaúcha é muito bonita e tem muitos lugares interessantes para conhecer. A foto abaixo foi feita por lá.

Eu continuo viajando pelo interior do RS para conhecer lugares pouco visitados. O resultado de minhas viagens também pode ser conferido lá no Instagram.

Subindo a BR-386 até a região do Planalto Gaúcho

No começo de junho fiz um roteiro pelo RS para conhecer novas cidades. A meta é conhecer todas as 497.  Quando saí para esta viagem, já tinha conhecido 416. Neste Post está a primeira etapa da viagem, que começou numa quarta-feira ao meio-dia. Subindo a BR-386, passei pela ponte do Rio Caí, que já está liberada ao trânsito. A primeira parada foi no Hotel das Tuias, em Fontoura Xavier, para um café.

img_20190605_1359050674663502464274707548.jpg

No caminho, a primeira cidade do roteiro é Nova Boa Vista, que fica ao lado de Sarandi, já quase no Norte do Estado. A cidade é pequena e a foto abaixo é da igreja.

img_20190605_161930657_hdr5302776081563874992.jpg

A principal avenida da cidade é asfaltada.

img_20190605_161938100_hdr2847645462441281945.jpg

Para chegar a Nova Boa Vista tem asfalto a partir da BR-386. Na saída, peguei um atalho por estrada de chão até Sarandi. Antes de chegar ao hotel em Sarandi, fui conhecer a cidade vizinha de Rondinha, numa estrada asfaltada que leva a Ronda Alta. Em Rondinha, fotografei a praça, a prefeitura e a Câmara de Vereadores.

img_20190605_164930035_hdr5787283562999433949.jpg

img_20190605_1649353338229572239165422680.jpg

img_20190605_164913766_hdr1174401693324332846.jpg

img_20190605_164918420_hdr5482277267090387716.jpg

De Rondinha segui para Sarandi, mas antes de ir ao hotel, parei na padaria Empório Colonial para um lanche. É um ótimo lugar. Tem vários produtos coloniais e lanches.

img_20190605_1723446362542043134354729347.jpg

Sarandi é uma das maiores cidades da região. Tem avenidas bem movimentadas. Passei a primeira noite do roteiro no Hotel Solaris, simples com ótimo atendimento. A foto abaixo é da sacada do hotel.

img_20190605_1753050876566917106986135327.jpg

Na manhã seguinte foi hora de seguir viagem. A foto abaixo é de uma paisagem na BR-386 na saída de Sarandi.

img_20190606_082608954_hdr3444086155591067226.jpg

O segundo dia do roteiro foi bem movimentado. Mais detalhes no próximo post. Confira meu perfil no Instagram, com fotos de viagem. Também estou no Twitter. E no Facebook.