Antiga estação ferroviária vira área de lazer em Minas

Ribeirão Vermelho é uma cidade mineira localizada às margens do Rio Grande. Lá tem uma antiga estação ferroviária, que virou um parque para o lazer da população.

Tem vários prédios antigos por lá, inclusive uma Rotunda, que era usada para a manutenção dos trens.

Esta rotunda é a maior da América Latina. E Ribeirão Vermelho é um dos menores municípios mineiros.

E trem é o que não falta em Minas.

A linha ferroviária passa bem pelo centro da cidade antes de seguir para a área da estação.

Tem vários prédios antigos em Ribeirão Vermelho.

O Rio Grande passa ao lado da estação ferroviária. A ponte é usada por trens e carros.

Seguindo adiante pela estrada, chega-se ao município de Bom Sucesso, mas antes tem o Distrito de Macaia, em Bom Sucesso, às margens da lagoa formada no Rio Grande pela barragem que existe na região.

Na frente da lagoa tem uma pequena igreja.

Minas Gerais tem uma diversidade muito grande. Há regiões serranas, vales, barragens, locais históricos e o melhor café do Brasil. Muito bom passear por lá. Confira mais fotos de viagem lá no Instagram.

Seleção brasileira que disputou a Copa da Inglaterra se hospedou aqui

Na década de 60 a cidade mineira de Lambari recebeu a seleção brasileira que então era bi campeã mundial. Pelé, Garrincha e outros craques ficaram hospedados num hotel em Lambari, na Serra da Mantiqueira, antes da Copa de 1966. A cidade é uma estação de água hidromineral e atrai turistas até hoje. O hotel Parque, que fica no centro, é um dos mais antigos.

O parque das águas tem as fontes de água mineral, distribuída de graça.

Lambari tem um dos melhores carnavais do País. E tem várias atrações. Como o lago.

O Farol do Lago.

Este prédio parece ter sido um antigo cinema.

A Pousada do Duque, que fica num antigo casarão.

Mas a atração principal mesmo é o parque de águas termais.

Há várias atrações no interior, para quem curte turismo mais radical. Lambari é uma cidade pequena, com pouco mais de 20 mil habitantes e fica no Sul de Minas. Uma cidade que vale a pena conhecer. Para conferir mais fotos de viagens, me siga no Instagram.

A cidade do ET e outros lugares em Minas Gerais

A cidade de Varginha fica no Sul de Minas, terra do melhor café do Brasil. Na década de 90 ficou conhecida como a cidade do ET, por causa de uma estória de contatos com extra terrestres. Bem, Varginha nunca soube aproveitar bem essa estória. No centro, restou a pequena praça com o ET e a nave espacial.

Varginha é bem movimentada e tem uma boa rede de hotéis. Fica perto de Três Corações, que é a terra do Pelé. Eu não gostei muito de Três Corações, esperava que fosse uma cidade maior e mais bonita.

Tem muitas ladeiras e ruas estreitas. Eu já mostrei um pouco da Terra do Pelé, nesse POST. Eu circulei bastante pela região de Varginha e Três Corações em julho. Passei, por exemplo, pela pequena cidade de Conceição do Rio Verde, com sua Basílica.

Pela cidade de Lambari, que tem um parque com água mineral jorrando de graça, além de outras atrações, como esta queda d’água no centro.

Outra atração é um antigo Cassino, que fica na beira de um lago.

Minas sempre me atraiu, por diversos motivos. Na última vez que andei por lá a terra estava verde. Em julho, por causa da pouca chuva, a grama estava meio seca, meio amarelada.

Os lagos formados pelas diversas barragens também estavam baixos. Tem chovido bem pouco no Sudeste, mas espero que a situação comece a se normalizar aos poucos. Confira mais fotos de minhas viagens por aí lá no Instagram.

O sucesso do Festival do Moscatel 2021

Por causa da pandemia, a edição do evento este ano foi diferente. O festival do moscatel foi garden. Ao ar livre em três locais diferentes em três fins de semana de novembro. O último foi ontem na Vinhos Capeletti de Farroupilha.

A vinícola fica no Vale Trentino, um dos lugares mais bonitos da região.

O movimento foi bem grande. O ingresso custava 30 reais e dava direito a uma taça de Moscatel, ou de suco de uva. Na vinícola era possível comprar lanches. O sábado estava ensolarado, com temperatura bem agradável.

Ano que vem tem mais, quem sabe um evento tradicional, como em época antes da pandemia. Vamos aguardar para ver o desenrolar dos fatos.

Não importa o tipo de festival, se tradicional ou garden. Em qualquer caso, a uva será sempre a atração principal.

Na região de Porto Batista, em Triunfo

Porto Batista é um distrito de Triunfo que fica às margens do Rio Jacuí. Tem uma avenida asfaltada e uma pequena igreja. Lá também fica a estação ferroviária Fanfa, palco do maior acidente com trens da história do RS, que foi mostrada num Post anterior.

A parte mais movimentada fica na beira do rio.

Nos dias mais quentes é comum ver bastante gente por lá, especialmente nos fins de semana.

Perto de Porto Batista fica a pequena igreja de Santa Ana.

Outro lugar que me chamou a atenção é o Lago Azul, na localidade de General Neto. Dizem que a água é meio azul mas, quando passei por lá, não tive essa impressão.

Também na localidade de General Neto, ainda em Triunfo, fica a bonita igreja dos Três Mártires, que tem um estilo meio açoriano.

Quando estive lá o portão estava fechado. O jeito foi pular a cerca para fotografar.

Da igreja peguei uma estrada de chão que me levou ao centro de Triunfo, onde usei a balsa para atravessar o Rio Jacuí para São Jerônimo.

Este curto roteiro de dois dias acabou em Charqueadas, onde passei a noite, e depois em Guaíba. No total foram menos de 200 quilômetros rodados, bem perto de Porto Alegre. Confira mais fotos de viagem no meu perfil no Instagram.