Comunidades católicas entre Fagundes Varela, Vila Flores e Veranópolis

As três cidades são ligadas por asfalto, mas eu gosto sempre de pegar as estradas do interior que, na maioria, são de chão. Nesta região tem bastante asfalto também nas estradas vicinais. Este roteiro, feito no fim do ano passado, tem uma mistura dos dois tipos de estrada. Primeiro passei pela pequena igreja de São Paulo da Cruz, em Fagundes Varela.

O interior é bonito pela sua simplicidade.

Na frente da igreja tem uma casa antiga.

Outra pequena igreja bem bonita é do Sagrado Coração de Jesus, que fica em Vila Flores.

Nesta região os municípios quase se misturam. Pegando uma estrada, a gente passa de um para outro quase sem se dar conta.

Seguindo o roteiro, já em Veranópolis, passei pela capela de São Valentim.

E mais adiante pela de Nossa Senhora do Pedancino.

Na região também tem a cidade de Cotiporã, onde já conheci vários lugares pelo interior. Sempre que viajo por lá acabo descobrindo locais novos para conhecer e fotografar. A maioria tem apenas uma pequena capela ou igreja. Dependendo da época do ano, a paisagem muda, por isso sempre há novidade. Confira mais fotos no meu perfil no Instagram.

Um pouco do roteiro religioso de Nova Prata

O italiano é um povo muito religioso. A região gaúcha de Nova Prata foi colonizada por italianos, principalmente. Isso pode ser observado num rápido passeio pelo interior. Aliás, o município tem entre suas atrações turísticas um roteiro religioso bem interessante. A primeira capela de madeira desse Post é a de São Miguel, que fica às margens do Rio da Prata, no limite com o município de Protásio Alves.

Estive lá numa manhã de domingo e a capela estava aberta.

Foi possível conhecer o interior.

A capela é da década de 30 e foi inaugurada provavelmente em 1935. Como eu disse, fica bem perto do Rio da Prata, numa das comunidades rurais de Nova Prata.

Neste dia, acabei passeando também pelo interior de Protásio Alves, que mostrarei em outro Post. No meu retorno a Nova Prata, atravessando novamente o rio, descobri esse capitel. O de São José.

Voltando a Nova Prata, fui conhecer São Brás e sua capela de madeira. Bem bonita.

A capela é mais antiga, de 1905, mas na década de 30 foi transferida de comunidade, ficando no lugar onde está até hoje.

A capela de São Brás fica ao norte de Nova Prata.

Não muito longe tem um Igreja Luterana.

Esta foi construída em 1892 por imigrantes alemães.

Quem costuma passear por comunidades alemães deve notar que geralmente tem uma igreja católica e outra luterana.

O roteiro religioso de Nova Prata tem outras capelas e igrejas. Algumas ainda não conheço, mas não vai faltar oportunidade para isso. Confira mais fotos de minhas viagens lá no Instagram.

A gruta de Nossa Senhora da Uva

Esta gruta religiosa também fica em Santa Tereza, bem perto da gruta de Nossa Senhora de Lourdes, já mostrada aqui no Site. Tem cerca de 110 degraus, mas são bem espaçados e é uma caminhada fácil.

Achei esta gruta bem mais fechada em relação à sua vizinha. Para entrar, é preciso se abaixar e passar por baixo de uma imensa rocha.

A parte interna é bem maior, mas há luzes que são acionadas do lado de fora da gruta.

O acesso às grutas é por estrada de chão, mas muito tranquila para circular de carro. E dentro da gruta é preciso ficar atento à água que pinga em alguns lugares. O chão pode ficar escorregadio.

Depois de conhecer bem o interior da gruta e descansar, é hora de subir os 110 degraus…

Há espaço para estacionar o carro. O trecho final em direção à gruta fica dentro de uma propriedade, mas há placas indicando o caminho. Este trecho é mais estreito mas a estrada é boa. Confira mais fotos de viagens lá no meu perfil no Instagram.

A gruta religiosa de Daltro Filho

Daltro Filho é um distrito de Imigrante, no Vale do Taquari. Lá tem o famoso mosteiro e outras atrações. Uma delas, bem interessante, é a gruta religiosa. De Nossa Senhora de Fátima. Fica às margens de uma estrada de chão.

É um lugar bem tranquilo, em meio à Natureza.

Ao lado da gruta tem uma queda d’água. Passei por lá em abril, numa época de pouca chuva, então a pequena cascata estava com pouca água.

Tem lugar para estacionar o carro e descansar. Curtir um pouco o silêncio e a paz.

De Daltro Filho segui por estrada de chão, em direção à cidade de Coronel Pillar. No caminho passei por outras comunidades, que serão assunto dos próximos Posts. Mais fotos de viagens podem ser vistas lá no Instagram.

Uma das capelas mais antigas da região de Encantado

Percorrendo as ruas da cidade de Encantado é possível descobrir algumas preciosidades. Uma delas é a Capela de Santo Antão, que fica no bairro do mesmo nome. É uma das mais antigas da região.

A capela fica meio escondida e quem passa apressado nem percebe. Nos fundos, tem um campanário de madeira.

A capela fica num terreno mais elevado em relação à rua.

Quase ao lado tem um sobrado antigo, de 1893.

Mais para o centro da cidade, Encantado tem a igreja matriz, que é bem bonita.

A poucas quadras da igreja fica uma área histórica.

No interior, Encantado tem a Lagoa Garibaldi, bem perto do Morro das Antenas, onde está sendo finalizado o Cristo Protetor.

Na frente da lagoa tem uma cachaçaria.

Com a inauguração do Cristo, prevista para o fim de 2021, o turismo na região de Encantado vai aumentar. Certamente outras atrações para os visitantes devem surgir na região da lagoa. E a cidade precisa investir em hotelaria e gastronomia também. Eu costumo viajar bastante de carro pelo interior do RS e até em outros estados. O resultado de minhas viagens pode ser conferido no Instagram.