O Morro da Cruz de São Ludgero, SC

São Ludgero é uma pequena cidade de colonização alemã perto de Orleans, em Santa Catarina. Uma das atrações de lá é o Morro da Cruz, que fica a quase 600 metros de altitude. É possível chegar lá de carro por uma estrada de chão em ótimo estado. Chegar lá em cima vale a pena. O lugar é usado para festas religiosas.

 

img_20190713_1557392821049410502304948312.jpg

img_20190713_1556565391215704019442418609.jpg

img_20190713_155801376_hdr3544355744834620799.jpg

A cidade de São Ludgero fica a poucos quilômetros de Orleans, em direção ao Norte.

img_20190713_160014266_hdr2213177602995718451.jpg

Assim como a Serra Gaúcha, a região é muito bonita.

img_20190713_155852688_hdr7847961301329593821.jpg

img_20190713_160029287_hdr3911404552047020107.jpg

img_20190713_160326663_hdr4272967956988769937.jpg

Além da capela, há no morro um salão de festa, quiosques, escadaria com 597 degraus e várias capelinhas que simbolizam as estações da Via-Sacra.

img_20190713_160554041_hdr2325480749492933002.jpg

img_20190713_160521906_hdr7341154014758123039.jpg

img_20190713_160456264_hdr3066280676723732952.jpg

Um ótimo passeio para que busca paz, lazer, caminhada, aventura e contato com a natureza.

img_20190713_160151477_hdr6265618240690500149.jpg

img_20190713_160143810_hdr5798500885713204511.jpg

 

Com este Post encerro as postagens sobre o breve passeio que fiz a Santa Catarina em julho. Confira também meu perfil no Instagram. No Twitter. No Facebook.

O Museu a céu aberto de Orleans, SC

Esta simpática cidade catarinense fica perto de Criciúma e tem uma atração muito bacana. É o museu ao ar livre Princesa Isabel, que foi inaugurado em 1980. Trata-se de um grupo de 13 construções que mostram como era a vida dos imigrantes que chegaram à região. As casas ficam em volta de um pequeno lago.

img_20190713_132937547_hdr2089206303656533136.jpg

img_20190713_134034582_hdr4989786531285929110.jpg

O ingresso custa em torno de 6 reais. O visitante caminha em torno do lago e vai visitando as casas.

img_20190713_133125280_hdr7576924516315469174.jpg

img_20190713_134010426_hdr8441567649454437903.jpg

Eu não sou muito fã de museus, mas achei este bem interessante.

img_20190713_1340242532020021739336042696.jpg

img_20190713_134153199_hdr7801838631614457073.jpg

img_20190713_134157214_hdr2234186384408978949.jpg

O Museu funciona de terça a domingo.

img_20190713_134759481_hdr1963258746594940627.jpg

img_20190713_135147521_hdr7203610787960299420.jpg

img_20190713_135154005_hdr3404358185827903115.jpg

Fica bem perto do centro da cidade, com acesso bem sinalizado.

img_20190713_135240314_hdr5997799570278638492.jpg

img_20190713_135309243_hdr4805834000877218655.jpg

img_20190713_135328614_hdr8353005897920911371.jpg

Orleans tem um ótimo restaurante no centro, perto da Igreja. O Trattoria.

img_20190713_135502152_hdr2151186909324696824.jpg

img_20190713_135837643_hdr1410425278639980818.jpg

Tem um bom hotel também, o Real Nob.

img_20190713_140440547_hdr4858696925518298612.jpg

img_20190713_140448901_hdr4255021270644732782.jpg

A cidade tem outras atrações turísticas, e no centro fica esta bela igreja.

img_20190713_130413147_hdr5274035902979392678.jpg

Em Orleans fica a pedra furada, que tem acesso a partir de Ubirici. Para ver melhor esta atração é preciso subir o Morro da Igreja, um dos pontos mais gelados da região. Lá em cima tem uma base militar e uma estação meteorológica. Assim como o RS, o estado de Santa Catarina possui diversas atrações, que variam de acordo com a região. Confira também meu perfil no Instagram. No twitter. Ou no Facebook.

O centro histórico de Urussanga, SC

Uma cidade que provavelmente não irá chamar a atenção do turista tem um centro histórico bem interessante. Urussanga fica na região de Criciúma. Passei por lá a caminho de Orleans.

img_20190713_113653248_hdr199407407361488539.jpg

Na frente da igreja tem uma pequena praça e em volta algumas casas antigas. Bem conservadas.

img_20190713_113621415_hdr4988185388075549473.jpg

img_20190713_114139175_hdr7988109878234943837.jpg

img_20190713_114203626_hdr8039890435374418194.jpg

A cidade é bem pequena.

img_20190713_114231548_hdr8270735930605684448.jpg

img_20190713_114343010_hdr7880906110033476786.jpg

Este casarão fica a uma quadra da praça.

img_20190713_114633238_hdr5747647511012966076.jpg

img_20190713_114702693_hdr1897998801580088017.jpg

No caminho para Orleans uma casa antiga às margens da estrada.

img_20190713_121315860_hdr1208683399312058.jpg

img_20190713_1213422707811423982345585586.jpg

Falando em estradas, esta região de SC é bem movimentada. Rodovias com pista simples e motoristas que não respeitam muito as leis de trânsito. É preciso ter cuidado. Confira meu perfil no Instagram. No twitter. E no Facebook.

Numa Mina de Carvão desativada

Criciúma cresceu e se desenvolveu graças a mineração de carvão. Pois um passeio bem legal perto da cidade é visitar uma antiga mina, que está desativada e foi liberada para o turismo.

img_20190713_1049550607995650009453199288.jpg

img_20190713_1011266528096272674296520631.jpg

Um trem leva o turista a 300 metros dentro da mina, com um guia que vai explicando como funcionava a mineração.

img_20190713_1026142998971097264668752121.jpg

img_20190713_1033264084845728829668842972.jpg

Quem já visitou minas em Ouro Preto vai perceber que o sistema de trabalho era bem semelhante.

img_20190713_1033156906931136540321604533.jpg

img_20190713_103339271201351277480710926.jpg

img_20190713_1033508012900091985351250046.jpg

Apenas muda o material retirado. Em Minas era Ouro. Em SC, carvão.

img_20190713_104923526_hdr4348016767510660414.jpg

O ingresso para o passeio custa 10 reais. Vale a pena conhecer.

img_20190713_1053015188458059190081618534.jpg

img_20190713_1045532083681250572381529283.jpg

img_20190713_105045069_hdr3971291259204120487.jpg

As saídas do passeio acontecem a cada hora mais ou menos. É bem fácil chegar. O Google leva direitinho. Confira também meu perfil no Instagram. No Twitter. Ou no Facebook.

 

Um passeio por Santa Catarina

De vez em quando gosto de atravessar a divisa e passear por Santa Catarina. Tem muito lugar bonito por lá também. Desta vez subi a BR-101 até Nova Veneza, na região de Criciúma. Nova Veneza cresceu bastante nos últimos anos porque apostou no turismo gastronômico. Lá tem ótimos restaurantes e fica bem movimentado nos fins de semana.

img_20190712_130242247_hdr1109984680338643358.jpg

No centro é possível conhecer uma verdadeira gôndola de Veneza, na Itália.

img_20190712_130315131_hdr3405503558951374901.jpg

A cidade é bem pequena.

img_20190712_130410884_hdr7928738400207697631.jpg

A partir de Nova Veneza é possível chegar na barragem do Rio São Bento, que fica na cidade vizinha de Siderópolis.

img_20190712_135340043_hdr7660199743385574974.jpg

img_20190712_133832178_hdr5957749956576965762.jpg

Dá para chegar na parte de cima da barragem e fazer umas fotos bem bacanas.

img_20190712_134400437_hdr4035446042909641922.jpg

img_20190712_134405581_hdr476084647729639000.jpg

De Nova Veneza segui para Siderópolis. No caminho há um mirante, já bem próximo da cidade.

img_20190712_150851566_hdr4977906635060930255.jpg

A foto abaixo é no centro de Siderópolis.

img_20190712_152632363_hdr8714461805096990684.jpg

Minha primeira noite em SC foi na cidade de Criciúma.

img_20190712_164424808_hdr5429855080852034201.jpg

Criciúma cresceu por causa de minas de carvão. Uma delas que está fora de operação recebe visitantes. No próximo Post vou falar sobre a visita a esta mina, que fica bem perto do centro da cidade. Confira também meu perfil no Instagram. No Twitter. Ou no Facebook.