Voltando ao Cânion Monte Negro

No fim do ano passado fiquei 4 dias na região de Cambará e São José dos Ausentes, fazendo o caminho dos cânions. Já postei sobre Cambará e agora vou falar mais um pouco do Monte Negro, o ponto mais elevado do RS, com mais de 1.400 metros. Eu acho o cânion do Monte Negro o mais bonito e imponente dos 3 que visitei. Não fica em parque estadual ou federal, mas em área privada, mesmo assim tem acesso livre. São 42 km de estrada de chão a partir de Ausentes, mas a maior parte está boa. Apenas os últimos 5 km são mais complicados, mesmo assim é possível chegar de carro. Depois de estacionar, uma rápida caminhada leva ao cânion.

img_20191227_1330498585847802752983024761.jpg

O Monte Negro fica ao lado.

img_20191227_1339196977785300466738770407.jpg

Não há muitas cercas ou demarcações na borda do cânion, então é preciso tomar cuidado.

img_20191227_1339146502539419964912859537.jpg

img_20191227_13362776295618233590373595.jpg

Caminhando para o outro lado do paredão, já estamos em Santa Catarina. A vista de lá é mais bonita.

img_20191227_1352575733472533918554225944.jpg

img_20191227_1409172567022455228391561207.jpg

Sem dúvida o Monte Negro é um dos cânions mais bonitos do RS. Fica numa área mais verde e mais livre, bem longe da civilização.

img_20191227_1343431618167632839456631808.jpg

img_20191227_1431146478527464789447868073.jpg

Toda a estrada a partir de São José dos Ausentes é bem sinalizada. Mesmo sem GPS é possível chegar ao local do cânion. No caminho há um restaurante em Silveira, e pousadas, para quem gosta de se hospedar em lugares mais isolados. Eu prefiro ficar na cidade e sempre me hospedo do Hotel Morada das Glicínias, bem no centro. Simples e acolhedor. São José dos Ausentes é uma das cidades mais frias do RS e, mesmo no verão, tem friozinho nas madrugadas. Confira mais fotos no Instagram.

 

Itaimbezinho: Na trilha do Cotovelo

Há duas trilhas para se fazer no Itaimbezinho. A maior delas é a do Cotovelo. São 6 km de caminhada, ida e volta. Caminhando num bom ritmo dá para fazer em uma hora e meia, já contando o tempo de parada na borda do cânion. A trilha é no meio da mata, com alguns lugares bonitos.

img_20191225_1246206471762239055130653863.jpg

img_20191225_1314014776947628177978356347.jpg

Há mirantes na borda do cânion.

img_20191225_1320479659086338196954631033.jpg

Os paredões de pedra são impressionantes.

img_20191225_1320181393535545261517364048.jpg

img_20191225_1317227906687696506154030398.jpg

Mais uma vez a recomendação é levar bastante água.

img_20191225_1328273793747451071721494237.jpg

img_20191225_1330039117145897044371960778.jpg

Respeite os sinais e não chegue muito próximo da borda do cânion.

img_20191225_1336193635106768919057588866.jpg

img_20191225_1356515807913781450232832106.jpg

Na volta faça a segunda trilha no parque, que é bem próximo do prédio central.

img_20191225_1525567162468871812638096309.jpg

img_20191225_1526209505658439393533288962.jpg

Pela manhã é mais recomendável nos meses mais quentes, por causa da temperatura. No inverno o tempo pode mudar muito rápido e o cânion ficar coberto por uma neblina. O melhor é se informar antes de ir. A estrada para o parque é de chão mas é possível encarar de carro. Confira mais fotos no Instagram.

No cânion Fortaleza de Cambará do Sul

Para fazer este passeio eu indico contratar uma empresa especializada. Evite colocar seu carro na estrada para o cânion. Parte tem asfalto e parte chão, mas com muitas pedras e alto risco de rasgar um pneu. Um passeio com guia é mais seguro e tranquilo e você vai ouvindo explicações sobre o lugar. Eu contratei o passeio no hotel mesmo e tudo saiu tranquilo.

img_20191226_0917403182187701462758295458.jpg

Depois que se chega no parque, há uma caminhada de uns 1.700 metros morro acima, debaixo de sol. Leve muita água.

img_20191226_093221605307808599050569105.jpg

Chegando no mirante, vê-se que o passeio compensa.

img_20191226_1001332356641335020325642552.jpg

img_20191226_0933154496237507726127654889.jpg

É possível chegar bem perto da borda do cânion, então é preciso tomar cuidado.

img_20191226_1004101098317476253920077918.jpg

A vista é impressionante.

img_20191226_101047583852727867448396605.jpg

img_20191226_1012504679104501517268037665.jpg

img_20191226_1023289505685430699254583485.jpg

A volta ao estacionamento é mais fácil, porque é descida. Depois seguimos para a segunda parte do passeio. Até a Cascata do tigre preto e a chamada pedra do segredo. Neste passeio melhor é em época de pouca chuva, porque tem que atravessar um riacho. Leve um tênis de reserva.

img_20191226_1108087187815532611387243687.jpg

É possível chegar bem próximo da cascata.

img_20191226_1120453221186081282180848769.jpg

img_20191226_1110238295759569852510572958.jpg

Todo o caminho é perto da borda do cânion, então há muitos lugares para ver.

img_20191226_1128371246406834446626198628.jpg

A tal pedra do segredo que achei meio decepcionante.

img_20191226_1135238116806624198758616729.jpg

São três pedras empilhadas que vê-se de longe. Não tem muita graça, mas a paisagem em volta já vale o passeio até lá. Um passeio ao cânion Fortaleza custa em torno de 75 a 80 reais por pessoa, dependendo da empresa contratada. Confira mais fotos de viagens no Instagram.

 

Circulando pelo Vale Vêneto

Saindo do Recanto do Maestro tem uma estrada de chão de uns 6 km que leva até o Vale Vêneto. É mais fácil chegar por ali, a estrada é mais curta e melhor. Tem uns poucos trechos de asfalto até a RS-149. O distrito de Vale Vêneto fica no município de São João do Polêsine, e seu nome é em homenagem aos colonizadores italianos.

img_20191129_1003156775412917001915288674.jpg

Os primeiros imigrantes chegaram na região por volta de 1878.

img_20191129_100912911375933644133466142.jpg

img_20191129_1006080953365597532455258502.jpg

O prédio do antigo seminário está meio sem uso hoje.

img_20191129_1004099689181434750722859464.jpg

É uma região muito bonita que vale uma visita.

img_20191129_1008081976359859902586632924.jpg

img_20191129_1010159585050409687362042256.jpg

De Vale Veneto é possível seguir direto para Silveira Martins. A estrada é de chão, mas é possível circular com carro simples. São uns 10 km mais ou menos.

img_20191129_104744171139015453127957128.jpg

A igreja matriz de Silveira Martins é peculiar. Parece que é a única do Brasil com torre cilíndrica.

img_20191129_1047249895579288852004978103.jpg

img_20191129_1046332964029697341876119664.jpg

img_20191129_1043276758270561717140879473.jpg

Essa torre cilíndrica me lembra uma mesquita.

img_20191129_1042191812019063711302997355.jpg

A parte interna.

img_20191129_1049562906657518663066876383.jpg

Nos fundos da igreja tem uma capela.

img_20191129_1043115708326896730476708436.jpg

O passeio por Silveira Martins continua. No próximo Post uma localidade histórica no interior do município. Confira mais fotos no meu perfil no Instagram.

 

Na região da Ponte do Barreto em Triunfo

Saindo de Porto Alegre pela BR-290 fui até a região de Charqueadas e São Jerônimo neste passeio. Em São Jerônimo peguei a balsa que atravessa o Rio Jacuí para Triunfo.

img_20191025_1237056881633416652473152459.jpg

Depois fui em direção à BR-386 até a localidade do Barreto.

img_20191025_1301545667782998439860014263.jpg

Lá tem uma ponte ferroviária sobre o Rio Taquari. A Ponte do Barreto, que tem mais de 100 anos.

img_20191025_1307141793606530264655771785.jpg

img_20191025_1306543375167266993118838819.jpg

Hora de pegar mais um barco, agora para atravessar o Rio Taquari em direção a General Câmara.

img_20191025_1308008464657464948732833436.jpg

O barco passa bem perto da ponte.

img_20191025_131644730229818367277227719.jpg

img_20191025_1320081228338010297475884853.jpg

Há planos para transformar esta ponte ferroviária em ponte rodoviária também, o que encurtaria o caminho entre Triunfo e a região de General Câmara.

img_20191025_1320428492191339367047888733.jpg

img_20191025_1321178445935866651887813929.jpg

img_20191025_1321232736995633954375837166.jpg

Por enquanto esta travessia é feita de barco, ao preço de 10 reais por carro.

img_20191025_1321367131022768898643931592.jpg

img_20191025_1323167501209908348793591822.jpg

Do rio até General Câmara são 9 Km por estrada de chão.

img_20191025_1328471993026559789713860242.jpg

img_20191025_133622428977714193138160351.jpg

img_20191025_1339208943215586124234278784.jpg

No caminho alguns lugares bonitos.

img_20191025_1346391706283951222156137356.jpg

De General Câmara segui para Santa Cruz do Sul onde fotografei alguns casarões na região perto de Monte Alverne. Assunto para o próximo Post. Confira meu perfil no Instagram, com mais fotos.