O Grutão Ecoparque de Caxias do Sul

Este belo local para passeios fica no distrito de Santa Lúcia do Piaí. Tem uma bela cascata e uma gruta, que dizem ser a maior do município. O ingresso é 10 reais por pessoa.

img_20200805_1207234106635969779005120129.jpg

Pode-se chegar lá a partir de Caxias ou de Santa Lúcia do Piaí. O local está bem sinalizado no Google Maps.

img_20200805_1128277275197424376415868033.jpg

img_20200805_1129472533008023792676521332.jpg

As trilhas são bem fáceis e bem sinalizadas.

img_20200805_1139191239111559344760892602.jpg

Tem lancheria no parque também.

img_20200805_1144135547958744582213902507.jpg

img_20200805_11401847355500510549424570.jpg

Também há locais para fazer churrasco.

img_20200805_1140484664017559124273224333.jpg

img_20200805_1138361248454876129856486289.jpg

img_20200805_113012401764484737771876924.jpg

Eu cheguei lá a partir de Santa Lúcia do Piaí. Fica bem perto do centro do distrito e a estrada é boa. Saindo de Caxias tem uma parte asfalto e parte chão, mas estrada boa também. A estrada começa na região do zoológico da Ucs. Fácil de achar pelo Google. Confira mais fotos de viagens no meu perfil no Instagram.

Capelas e pequenas igrejas no interior de Caxias do Sul

A comunidade italiana é muito religiosa e uma mostra disso são as várias capelas e igrejas que a gente encontra ao circular pelas estradas de terra do interior. Só neste passeio encontrei quatro. Depois de atravessar o Rio Caí na localidade de Nossa Senhora do Pedancino, em Nova Petrópolis, subi em direção a Caxias do Sul, passando pelo distrito de Santa Lúcia do Piaí. Todas as capelas e igrejas estão devidamente assinaladas no Google Maps. Bem fácil de achar.

img_20200805_1040253712900697120482016354.jpg

Esta primeira é de pedra, com a torre ao lado. Bem simples, mas se destaca na paisagem.

img_20200805_1040434198828758401376434249.jpg

Outra bem semelhante, de pedra também.

img_20200805_1051273781073539392157207494.jpg

A torre fica no lado contrário da igreja anterior.

img_20200805_1051448722774961548330730986.jpg

Depois, uma surpresa. Uma bela igrejinha de madeira.

img_20200805_1057418264527266511568993692.jpg

img_20200805_1058077803348587581113590777.jpg

E por fim, uma capela:

img_20200805_111556334528382093084365093.jpg

img_20200805_111617134707742661382537301.jpg

Esta última fica já bem perto de Santa Lúcia do Piaí. Todo este passeio foi feito em estrada de chão, em ótimo estado de conservação. É possível percorrer sem problemas com qualquer tipo de carro. Mais fotos de viagens, você confere no meu perfil no Instagram.

A ponte de ferro da RS-448

Oficialmente chamada de ponte Getúlio Vargas, ela é mais conhecida como a ponte de ferro mesmo. Inaugurada em 1930, sob muita polêmica, a ponte liga os municípios de Farroupilha e Nova Roma do Sul. Dizem que a inauguração foi feita na marra, com a passagem de caminhões do Exército durante a Revolução de 1930. Antes, a ponte estava interditada com correntes e cadeados, à espera da abertura oficial. Os milico abriram caminho a tiros.

img_20200627_1401078486799067473278278241.jpg

A ponte é estreita e permite apenas a passagem de carros num único sentido de cada vez. É preciso esperar se vier veículo no sentido contrário. Do lado de Farroupilha tem uma trilha a lado da ponte que desce até a margem do Rio das Antas. É fácil descer caminhando.

img_20200627_1406112768631779675981693151.jpg

Lá embaixo se tem uma visão diferente da ponte, que fica bonita mesmo em dias de céu nublado.

img_20200627_1405031863078047692125141309.jpg

img_20200627_1404299913409487454248314153.jpg

No local há uma prainha que nos dias quentes de verão deve atrair muitas pessoas, apesar das pedras.

img_20200627_1405063247520220949086474143.jpg

A RS-448 é aquela estrada cheia de curvas, que liga Farroupilha e Nova Roma do Sul.

img_20200627_1351210483582670346521974235.jpg

Ainda em Farroupilha, um pouco antes da ponte, tem esse capitel.

img_20200627_1351098447216830172077959048.jpg

img_20200627_135152812254966027717438197.jpg

Ao lado do capitel tem uma queda de água.

img_20200627_1351361516050368365264232071.jpg

Um pouco mais adiante tem outra cascata, que cai rente às rochas e só é plenamente visível em épocas de muita chuva. Vale a pena subir ou descer a RS-448, mas vá devagar, apreciando a paisagem e respeite os ciclistas que normalmente circulam por lá nos fins de semana. Confira mais fotos de viagens no meu perfil no Instagram.

A localidade do Tirol e a ponte do Bananal

São dois lugares que ficam próximos, no Vale do Caí. O primeiro é no interior de Nova Petrópolis, perto da Linha Temerária, nas margens do Rio Caí.

img_20200531_1138585558421266586581468824.jpg

São poucas casas localizadas nas proximidades desta pequena igreja.

img_20200531_1140020588583368822499250798.jpg

Para chegar lá é preciso pegar a estrada que começa na BR-116 junto a ponte do Rio Caí,  pelo lado de Nova Petrópolis. Parte asfalto e depois chão.

img_20200531_1139196204625554351979143591.jpg

Seguindo em frente pela mesma estrada, aí em chão, chega-se a Feliz. Há 2 caminhos. Um deles passa pela Ponte do Bananal, que divide Feliz e Vale Real.

img_20200531_1159436433458354504311252075.jpg

A ponte é sobre o Rio Caí.

img_20200531_1200021174947693333481071778.jpg

Eu atravessei a ponte e depois voltei.

img_20200531_1200049213465447833095836364.jpg

img_20200531_1201231724923327836396589341.jpg

No lado de Feliz, caminhei pelas margens do Rio.

img_20200531_1207305963197937874889613014.jpg

img_20200531_1208490345800403506772818419.jpg

O rio está baixo por causa da falta de chuva.

img_20200531_1209172646169506308267194570.jpg

Meu destino era a cidade de Feliz, por isso segui por estrada de chão até atravessar a tradicional ponte de ferro, que fica bem perto do centro da cidade. Feliz tem uns casarões na região da ponte. Confira mais fotos de viagens lá no meu perfil no Instagram.

Rápida passagem pelos Caminhos de Pedra

Um dos pontos turísticos da Serra que mais recebe visitantes é o Caminho de Pedras de Bento, que está sempre crescendo. Para quem chega a partir da RS-448 em Farroupilha, está sendo finalizada uma nova atração. Uma cervejaria. Um casarão antigo bem numa curva. Em seguida vem a Casa das Confecções e a Casa do Queijo. Logo depois, o Chocolates Benevento. Uma cafeteria que oferece um dos melhores sanduíches da região.

img_20200226_1319029718312103525868830557.jpg

O café tem uma grande área para o visitante curtir. Bom para quem tem crianças também. E o sanduíche é o Benevento, que mistura vários sabores.

img_20200226_1348292767111437902727854539.jpg

Neste dia em fevereiro fiz uma passagem rápida pela região. Achei um casarão de madeira que ainda não funciona como atração. Precisa ser recuperado primeiro.

img_20200226_1356075808979649984555849987.jpg

Fica ao lado desta casa.

img_20200226_1356000952958195325887973185.jpg

img_20200226_1356231685530472600624222944.jpg

Eu cheguei no Caminhos de Pedra a partir de Farroupilha. Na estrada que sai do Santuário de Caravaggio em direção à RS-448 descobri esta casa abandonada.

img_20200226_1257467558450398511448188316.jpg

Lugar bem bonito que pode virar uma cafeteria, por exemplo. Bem, tinha chovido bastante um dia antes e resolvi conferir o Salto Tomazini. Tem um mirante junto à casa dos Doces, que mudou de nome.

img_20200226_1410166388176116075581276191.jpg

Esta é a primeira atração para quem chega a partir de Barracão, em Bento.

img_20200226_1408524235800728317285596231.jpg

Descendo o terreno tem o mirante.

img_20200226_1408260227840113554975271997.jpg

Mas, apesar da chuva, a cascata não estava com tanta água assim. A estrada que se vê no canto direito é a que leva a Pinto Bandeira.

img_20200226_140809362518636842577602053.jpg

Como se vê, são tantas as atrações do Caminho de Pedras que é preciso muitos passeios à região para ir conhecendo todos, aos poucos. Eu tenho muitas fotos de viagens no Instagram Confira meu perfil por lá.