Um roteiro pelo Trem dos Vales

A ferrovia do Trigo é bastante conhecida aqui no RS. É possível fazer caminhadas pelos trilhos, túneis e viadutos. Agora temos a oportunidade de circular pela região de trem. O Trem dos Vales circula 3 meses por ano. Em 2022 foi em setembro, e agora em outubro e novembro, apenas nos fins de semana. São 46 km de viagem que dura cerca de 2 horas e meia, passando por 23 túneis e 15 viadutos, entre eles os famosos Mula Preta, Pesseguinho e Viaduto 13. Há 2 roteiros, com saída de Muçum e Guaporé. Se vc sair de Muçum, prefira o lado esquerdo. Se for no sentido inverso, o lado direito. A maior parte da viagem ocorre entre matas e paredões mas, mesmo assim, há muitos trechos mais abertos com paisagens diversas. No meu passeio, saí da estação de Muçum.

Os vagões são antigos, originais. Os bancos são confortáveis para a viagem.

São cerca de 20 vagões, cada um com capacidade para mais de 50 pessoas e estão sempre lotados. Eu tive sorte e meu passeio foi num sábado ensolarado e frio.

Pelo caminho, vistas do rio Guaporé, cascatas e morros.

Os melhores trechos são os viadutos 13, Mula Preta e Pesseguinho. Nos túneis há escuridão, mas tudo é uma festa. No maior deles, mais para o fim da viagem, a passagem pelo túnel de 2,5 Km demora 5 minutos.

A chegada a Guaporé foi com muito frio, apesar do dia ensolarado.

Para fazer o passeio, melhor é procurar agências de viagem. O roteiro deve incluir um almoço e visitas a outros locais do Vale do Taquari. O trem passa pelos municípios de Muçum, Vespasiano Correa, Dois Lajeados e Guaporé. Também é possível conhecer alguns túneis e viadutos a pé. Muitos deles tem acesso fácil, dá para chegar de carro bem perto. No fim das contas, fazendo um resumo da viagem, é possível dizer que o passeio vale a pena. Meu passeio, saindo de Porto Alegre, teve um custo de 440 reais por pessoa, incluindo almoço, trem e tours em Encantado e Muçum, além do shopping de Guaporé no encerramento. No trem não é permitida a entrada com alimentos, mas há venda de produtos. Almoce bem antes de ir e faça um lanche na chegada, em Guaporé. Confira mais fotos de minhas viagens lá no Instagram.

Conheça o veleiro Cisne Branco em Porto Alegre

Neste sábado, 24 de setembro, foi possível visitar o veleiro da Marinha Cisne Branco, que está em Porto Alegre. O acesso foi feito pelo Cais Mauá, bem no centro.

No fim de tarde o movimento foi maior. Pela manhã, menor.

Foi um passeio bem interessante, principalmente para quem tem filhos pequenos.

O Cais Mauá fica bem perto da Praça da Alfândega.

Depois, aproveitei para passear pelo centro da cidade. A foto abaixo foi feita do alto do Viaduto da Borges.

No centro de Porto Alegre tem várias atrações na área da Praça da Alfândega e na Praça da Matriz. Confira mais sobre minhas viagens e meus passeios por aí lá no Instagram.

Um hotel tradicional em Morro dos Conventos

Desde a década de 80 mais ou menos ouço falar em Morro dos Conventos, SC, mas nunca tinha visitado o lugar. Passei por lá em julho e até fiquei uma noite num dos hotéis mais tradicionais da região. O Hotel Morro dos Conventos é antigo, fica no alto de um morro e tem piscinas interna e externa.

A piscina externa tem um bom tamanho e vista para o mar.

A piscina interna parece boa.

Tem salão de jogos e outros locais normais em hotéis de praia.

Os quartos foram remodelados e estão novos. O estacionamento é aberto. Estive lá em julho, com quase nenhum movimento, mas não voltaria no verão. Não gosto de hotéis movimentados demais. Muito barulho e gente mal educada. Bem, ao lado do hotel tem uma pista de voo livre.

Alguns metros acima o farol de Morro dos Conventos, que foi uma decepção. Pequeno e feio, quase escondido. Nem vale a visita.

Morro dos Conventos tem mar aberto. Não sei como é a água. Quando estive lá fazia frio e estava nublado, com o mar de cor bem escura. Passei pela região apenas para conhecer e ficar uma noite. Tenho mais fotos de viagem lá no meu perfil no Instagram.

Uma pousada em Cambará do Sul

Cambará também é conhecida como a terra dos Cânions, mas seu maior problema é a falta de uma grande estrutura para receber visitantes. Tem algumas pousadas mais simples, alguns hotéis mais caros e só. Agora tem uma nova pousada, bem no centro, a Serra Verde, que oferece um serviço diferenciado.

Tudo é bem novo. Limpo. Bem atendido

Junto funciona uma cafeteria, aberta ao público.

Os quartos são de bom tamanho. Tem varanda. O wi fi funciona. A tv é de tamanho grande. Um ótimo ambiente.

Junto à recepção tem uma lareira e uma sala de estar para os hóspedes.

O café da manhã tem uma grande variedade de produtos. E o melhor, a pousada fica bem no centro da cidade, a duas quadras da praça principal.

Cambará tem um centro bem pequeno, mas já cresceu o número de restaurantes para atender o turista. Quem caminha pelo centro encontra alguns casarões antigos.

O prédio da Pousada Serra Verde é novíssimo e foi inaugurado em março deste ano.

A pousada tem uma garagem coberta nos fundos, mas para poucos carros. Há um estacionamento no terreno ao lado. A diária para casal em dias de semana custa pouco mais de 300 reais. Nos fins de semana é mais caro, mas a qualidade do atendimento e do que a pousada oferece, compensa. Confira mais fotos de minhas viagens por aí lá no Instagram.

Fim de semana na Província Minosso

No interior de Farroupilha, pouco depois da Vila Jansen, tem um lugar especial conhecido como Província Minosso. Trata-se de uma antiga casa colonial que está em oferta no Airbnb. Há lugar para 7 pessoas.

O acesso é feito a partir da RS-448, a estrada que leva a Nova Roma do Sul. A maior parte é asfalto. Só o final é em estrada de chão, em bom estado.

É um lugar muito tranquilo, ideal para quem quer fugir do barulho da cidade grande.

Na casa tem uma cozinha, uma sala com tv e wi fi.

A família responsável pela casa é muito simpática e certamente quem escolher passar uns dias lá será muito bem atendido.

Sai mais barato do que um hotel, além de ser um lugar diferente e especial.

Farroupilha é perto de Bento, Caxias e outras cidades da Serra. Então a Província Minosso acaba se tornando um bom lugar para permanecer alguns dias e passear pela Serra Gaúcha. Conheça mais detalhes de minhas viagens por aí lá no Instagram.