O incrível casarão de pedra da Villa Matuella

Este casarão de pedra que fica no interior de Coronel Pilar eu conheci num dos meus passeios de outubro. Fica meio escondido e para chegar nele, é preciso pedir autorização da dona do terreno.

Infelizmente, nesse dia, o Sol estava atrás do casarão, o que dificultou um pouco as fotos.

Segundo a proprietária, Dona Norma, o casarão já foi de tudo. Paiol, pousada para os viajantes, escola e mercado. Hoje está fechado.

A Villa Matuella é um local onde são realizados eventos como festas de casamento, por exemplo. Fica na chegada de Coronel Pilar, com acesso por uma estrada de chão. A região é de italianos.

Essa escultura parecendo um pássaro é o símbolo dos trentinos. Como toda serra gaúcha, há muitos vinhedos em Coronel Pilar.

O casarão pode ser encontrado no Google. É indicado apenas como casa de pedra, mas já postei algumas fotos lá. Fica a menos de 10 km do centro de Coronel Pilar, para quem chega a partir de Marcorama. Confira mais fotos de viagens no meu perfil no Instagram.

A Caverna Camana de Nova Pádua

Descobri esta caverna por acaso, quando seguia para o Travessão Curuzu. Na estrada asfaltada tinha uma placa e resolvi entrar para ver o que tinha por lá.

A estrada não é ruim e a distância pequena. Poucos quilômetros.

Tem algumas placas indicando o caminho.

Na entrada da caverna tem uma espécie de gruta religiosa.

Eu resolvi entrar para conferir.

Dizem que a caverna tem uns 15 metros, por 4 de altura.

No site da prefeitura de Nova Pádua diz que a caverna tem suas lendas e histórias, mas não explica quais. Quando seguíamos para a caverna paramos numa casa para perguntar o caminho e o senhor que nos atendeu disse que mulheres costumam desaparecer por lá… Bem, a Katia foi e voltou comigo…. Bem, perto da caverna fica o Travessão Curuzu, que tem uma igreja e algumas casas.

Confira mais fotos de viagens no meu perfil no Instagram.

Igreja de pedra no Travessão da Barra, em Nova Pádua

Uma interessante igreja de pedra é uma das atrações para quem passeia pelo interior de Nova Pádua na região do Travessão da Barra. A estrada tem asfalto, mas eu cheguei a partir do Travessão Cerro Largo, por isso peguei um trecho de chão, mas em bom estado.

Como todo interior de Nova Pádua, a região é muito bonita.

Depois de pegar o asfalto, numa curva, vê-se a igreja.

Uma das mais bonitas da região, sem dúvida.

O nome oficial é igreja Santa Juliana e Santa Líbera.

O Travessão da Barra fica perto do Travessão Mutzel, para os lados do Belvedere dos Sonda, outra área muito bonita de Nova Pádua. Confira mais fotos de minhas viagens lá no Instagram.

Capela mais antiga de Nova Pádua é restaurada

Muito bonita esta pequena capela de Nova Pádua, que tem 125 anos e foi restaurada recentemente.

A capela de Nossa Senhora do Rosário e fica no Travessão de Cerro Grande. Ela também é conhecida como igreja Grantorto.

Pegando a estrada a partir do pórtico de Nova Pádua, o caminho é todo asfaltado.

E ainda tem esta bela casa antiga nas proximidades.

Perto do Travessão Cerro Grande fica o Travessão Cerro Largo, com a igreja de São José.

Tem asfalto a partir de Alfredo Chaves, em Flores da Cunha, mas eu cheguei lá a partir do Travessão Cerro Grande, em Nova Pádua. Estrada de chão bem estreita. Ainda tive de esperar a liberação da estrada por uma equipe que fazia a instalação de novos postes de energia elétrica.

Consegui subir para fotografar a igreja São José e depois voltar. Mais estrada de chão pela frente até o Travessão da Barra.

Depois de um trecho de terra, volta o asfalto.

Como já falei antes, Nova Pádua tem inúmeras capelas e pequenas igrejas espalhadas pelo município. Uma delas é uma bela igreja de pedra que mostrarei no próximo Post. Há mais fotos de viagem lá no meu perfil no Instagram.