Uma capela de madeira e uma de pedra em Antônio Prado

Uma região de acesso meio complicado, bem nas margens do Rio das Antas, do lado de Antônio Prado. A poucos quilômetros da RS-122 fica esta bela capela de madeira, a capela de Nossa Senhora das Graças.

Este trecho da estrada está bom, apesar de ser de chão.

Da capela avista-se o morro onde fica o Mirante Pagno, do lado de Flores da Cunha, mostrado no Post anterior.

Uns 5 km depois da capela de madeira, fica uma pequena igreja de pedra, de Santo Antônio, que foi cenário do filme O Quatrilho. A igreja aparece bem no começo do filme, apenas alguns segundos. A estrada que leva até lá é bem estreita, e ruim. Tem que atravessar dois riachos, que em época de muita chuva deve ser bem complicado. Estive lá em agosto do ano passado, tempos de estiagem.

Valeu a pena a aventura, porque a capela é bem bonita.

Fica numa área bem isolada.

O melhor caminho para chegar na igreja é pela Linha 30 em Antônio Prado. A estrada é melhor e pega apenas o segundo riacho. Se não for possível atravessar o riacho de carro, dá para ir a pé. A igreja fica a uns 500 metros adiante. Na Linha 30 tem a capela de Nossa Senhora do Caravággio.

Antônio Prado é aquela cidade italiana com casarões históricos no centro, também cenário do filme O Quatrilho.

Neste roteiro, segui de Antônio Prado para Nova Roma do Sul, cuja estrada que liga as duas cidades está em obras intermináveis. O asfalto não chega nunca. De Nova Roma desci até o Rio das Antas, que atravessei de balsa.

Depois é só seguir para Nova Pádua e cidades vizinhas. Nada como circular pelas estradas de chão da Serra. A cada curva, sempre tem uma surpresa. Confira mais fotos de viagem lá no meu perfil no Instagram.

Na região do Mirante Pagno em Flores da Cunha

O Mirante Pagno fica no norte do município, com acesso pela estrada que leva a Antônio Prado. O Mirante Pagno garante uma bela vista do Rio das Antas.

Mais adiante tem outro mirante do rio, mas fica em área particular e não consegui entrar. Passei por lá em agosto do ano passado, numa época em que os vinhedos estavam adormecidos.

Na região também fica a comunidade de São Vitor, com uma pequena igreja.

A estrada que leva a São Vitor também é conhecida como o desvio do pedágio da RS-122.

Na região também fotografei esta bonita casa de madeira.

O Rio das Antas separa os municípios de Flores da Cunha e Antônio Prado. A RS-122 tem a ponte do Rio das Antas e é bem movimentada. Curta mais fotos de minhas viagens por aí lá no Instagram.

Viaduto e túnel ferroviário em Serafina Corrêa

A ferrovia do Trigo tem diversos túneis e viadutos. Um dos mais conhecidos é o Viaduto 13 em Muçum e Vespasiano Correa. Este viaduto que eu conheci em agosto do ano passado fica em Serafina Correa, e passa sobre a estrada da Linha 12 que começa na RS-129. Eu cheguei na região vindo do Norte, por outra estrada de chão, e acabei descobrindo o viaduto meio sem querer.

Não há indicação no Google Maps. Parei o carro ao lado da estrada e segui os trilhos. De um lado tem o viaduto.

Do outro lado os trilhos seguem até o túnel.

Atravessei o túnel a pé. São cerca de 100 metros.

Depois, seguindo a estrada em direção Sul e entrando à direita, fica uma pequena capela, a Capela da Saúde.

Da capela é possível avistar o viaduto.

Por duas vezes a estrada corta a estrutura de concreto.

Não sei qual a altura do viaduto, mas lembra um pouco o Viaduto 13, que é bem mais alto. A distância do viaduto da RS-129 não é muito longa. A entrada fica ao norte do centro de Serafina Correa. Boa estrada, sem buracos. Confira mais fotos de minhas viagens lá no Instagram.

A barragem do Capingui e o Viaduto Ferroviário

A usina do Capingui fica ao norte de Marau e foi construída na década de 30, depois ampliada na década de 50. Fica no limite dos municípios de Marau e Passo Fundo. Eu cheguei lá a partir da RS-324, e descobri um viaduto ferroviário ao lado da barragem.

O viaduto é da ferrovia do Trigo. Há um local para subir até o alto.

Caminhando pelos trilhos chega-se a um local de onde é possível ver a barragem.

O nome do rio onde foi construída a barragem é Capingui.

Na parte inferior do viaduto há uma área para Camping e, mais adiante, um clube náutico.

Essas barragens que existem pelo RS acabam se transformando em área de lazer e local para atrair turistas. Esta de Marau e Passo Fundo não é uma das mais conhecidas. As estradas que levam à usina são de chão a partir de Marau. Confira mais fotos de viagens lá no meu perfil no Instagram.

Uma igreja de mais de 150 anos no interior de Parobé

O distrito de Santa Cristina do Pinhal fica no interior de Parobé, às margens do Rio do Sinos. Lá tem uma bela igreja que foi fundada em 1853.

O distrito tem uma praça e algumas ruas, além de casas comerciais, mas o que se destaca mesmo é a igreja.

Todo o caminho para lá é asfaltado, a partir da RS-239 em Parobé.

A igreja fica logo depois da ponte sobre o Rio do Sinos.

Depois de Parobé passei pelo centro de Taquara e fotografei um belo casarão antigo perto da prefeitura.

Chamado de Vila Ernestina, no casarão funciona atualmente um escritório de advocacia.

Do centro de Taquara fui conhecer uma cascata que fica no interior de Igrejinha, perto da RS-020. Aliás, esta rodovia estadual está bem ruim na saída de Taquara. E é o principal caminho para São Francisco de Paula. Confira mais fotos lá no meu perfil no Instagram.