Passeio pela Argentina e Uruguai

Este post é sobre a viagem de ônibus e barco que fiz em fevereiro de 2019 à Argentina e ao Uruguai. A saída de Porto Alegre foi de ônibus em direção a Buenos Aires. A viagem dura cerca de 20 horas. Fui pela empresa JBL mas não recomendo. Tente a Flecha Bus. Talvez a TTL. A JBL tem muitas paradas, perde-se muito tempo. Bem, Buenos Aires é uma cidade bem bonita. Fiquei num hotel na Calle Florida, no calçadão, quase ao lado do Parque San Martin. Caminhando pelo centro da capital argentina o visitante encontra muitos prédios antigos.

A Praça de  Maio e a Casa Rosada ficam perto do centro.

O bom é comprar uma passagem do Bus Turismo, que custa cerca de 90 reais por 2 dias. Depois é só passear e curtir a cidade.

Um lugar bem bonito é o Jardim Japonês. O ingresso custa cerca de 10 reais.,

A Livraria Ateneo na avenida Santa Fé fica na Recoleta. É outro lugar imperdível. No palco, funciona um café. O local era um antigo teatro.

A Recoleta tem lugares bem bacanas para um café da tarde.

Também andei pelo Caminito, mas as fotos ficaram no meu antigo celular, que foi roubado lá. Um cara passou de bicicleta e levou. Um descuido de minha parte. Não ande com celulares à vista por lá. De resto, minha viagem a Buenos Aires foi tudo bem. De lá peguei o barco para Colônia de Sacramento, no Uruguai. Pelo barco rápido, a travessia dura cerca de 1 hora.

Colonia é uma cidade histórica e caminhar pelo centro é bem legal.

No fim da tarde o bom é curtir o por do sol.

O custo de vida no Uruguai é meio alto. Uma refeição boa dificilmente sai por menos de 50 reais. O ponto positivo é que a carne é ótima. A última etapa da viagem foi em Montevideu. A cidade tem alguns atrativos no centro, como a entrada da Cidade Velha e a Praça da Independência.

Prédios antigos e majestosos podem ser vistos por todo lado.

Faça um passeio guiado pelo teatro Solis.

Há também visitação no Palácio Salvo, ao lado da Praça da Independência.

Na Rambla, é possível curtir o por do Sol.

Pocitos e Punta Carretas são dois destinos para quem gosta de ficar de frente para o mar.

Mas o legal mesmo é caminhar pelo centro.

A foto abaixo é do interior do teatro Solis.

De Montevideu voltei para Porto Alegre de ônibus. Pela empresa argentina EGA. Viagem muito tranquina. Dura umas 12 horas, e tem serviço de bordo. Se você for ao Uruguai e para algumas cidades argentinas, consulte se há passagens pela Ega. É a melhor das empresas que servem os dois países. Tenho planos futuros de voltar ao Uruguai, desta vez de carro. Quero ficar hospedado em Pocitos, para variar um pouco. Nas três vezes em que lá estive fiquei na Ciudad Vieja. Confira mais fotos de viagem no meu perfil no Instagram. Ou no Twitter.

Viagem de barco entre a Argentina e o Uruguai

Uma das empresas que faz a travessia entre os dois países é a Buquebus. O barco mais moderno é o Francisco, que tem mais velocidade e espaço para carros e pessoas. Fazer a viagem entre Montevideu e Buenos Aires ou vice-versa, dura pouco mais de 2 horas no barco Francisco.

img_20180217_101022517340860654.jpg

O preço da passagem varia, mas é superior a 200 reais. Vale a pena fazer a travessia. O barco tem free shop e muito conforto.

img_20180214_120314264602764932.jpg

img_20180214_1204280511996462444.jpg

Tem a passagem em classe econômica, turista, executivo ou primeira classe. Viajar de classe econômica não é nenhum problema. O passageiro de qualquer classe pode caminhar livremente pelo interior do barco durante a viagem.

img_20180217_0906303131701655835.jpg

img_20180217_1011167862139124889.jpg

Nos fins de semana e em época de férias as estações ficam bem movimentadas e por isso é fundamental chegar cedo.

img_20180217_100959723_hdr159529888.jpg

O Buquebus também faz a travessia entre Buenos Aires e Colônia de Sacramento, no Uruguai. As duas capitais tem suas atrações. Em Buenos Aires, a chegada e saída fica no Puerto Madero, um dos bairros mais bonitos da cidade.

img_20180217_1009273971874932808.jpg

A puente de las mujeres é uma das atrações turísticas da região.

img_20180216_1848490622011292458.jpg

De Puerto Madero é possível seguir a pé até o calçadão da Calle Florida, se o seu hotel ficar na região já há economia com o transporte. São poucas quadras de distância. Em Montevideu a saída e chegada do barco é na Cidade Velha, na frente do Mercado. A capital uruguaia fica às margens do estuário do rio, numa área onde se confundem as águas de rio e de mar.

img_20180212_191200948_hdr875048889.jpg

Os barcos que fazem a travessia entre os dois países também transportam veículos. A passagem pode ser comprada antecipadamente pela Internet. Isso é fundamental, porque em épocas de grande movimento os barcos ficam lotados. Para entrar no Uruguai ou Argentina não precisa passaporte. Basta a carteira de identidade, desde que não seja muito velha. Para acompanhar mais fotos, me siga no Instagram. Ou no Twitter.

Buenos Aires: uma cidade com muitos parques

Quem não conhece a capital da Argentina e visita pela primeira vez a cidade se surpreende com a grande quantidade de parques. Todos bem cuidados e muito procurados pela população. Um dos mais bonitos fica na região de Palermo. O parque 3 de fevereiro tem ainda o Rosedal de Palermo. Lugar muito bonito.

img_20180216_1540407311261613850.jpg

img_20180216_1538437321488999359.jpg

Mesmo em dias de semana é possível ver muita gente circulando pelos parques.

img_20180216_153756730572888476.jpg

img_20180216_1529137041213505547.jpg

img_20180216_150215448496172868.jpg

img_20180216_150634233_hdr679602711.jpg

Na Avenida Del Libertador, para os lados da Recoleta, tem o parque das Nações Unidas e a sua Floralis Genérica.

img_20180215_140149647523797175.jpg

Mais perto do centro fica o Parque San Martin.

img_20180214_1749363171800713616.jpg

img_20180214_174916368_hdr72027752.jpg

Isso só para citar alguns dos parques de Buenos Aires. Circulando pelo ônibus turismo é possível conhecer outros.

img_20180216_144915171890292692.jpg

Buenos Aires tem ainda o Porto Madero, um bairro novo, construído onde antes não havia nada. Algo que pode servir como motivação para o Cais do Porto de Porto Alegre.

img_20180216_184855114481479413.jpg

Acompanhe também minhas fotos de viagem no Instagram. Ou no Twitter.

O incrível Puerto Madero de Buenos Aires

Lá pela década de 90 a Argentina decidiu recuperar a área portuária. Houve apoio da cidade de Barcelona, concursos e investimento estrangeiro maciço. O resultado é uma área nobre e moderna, em pleno centro da cidade. Se fosse aqui em Porto Alegre, a esquerda burra iria dizer que virou uma região elitizada, onde os ricos moram. É um bairro nobre, mas e daí? Qualquer pessoa pode circular pela área, seja rico, pobre, preto ou branco. Antes era uma região inútil, hoje é rende dinheiro em impostos e taxas e atrai turistas. O que é melhor? Bem, o Porto Madero conta hoje com os maiores prédios de Buenos Aires. Ficou muito bonito por lá.

img_20180216_184017663486242596.jpg

Entre as atrações turísticas da região está a Ponte das Mulheres.

img_20180216_184849062316273475.jpg

Além de edifícios residenciais, Porto Madero tem grande variedade na área gastronômica.

img_20180216_1849114552043844286.jpg

É um lugar bem tranquilo e agradável para passear, especialmente num fim de tarde.

img_20180216_184855114905573924.jpg

img_20180216_1850015122047944552.jpg

Se você está planejando um passeio em Buenos Aires, não deixe de visitar o Porto Madero. O ônibus turismo passa por lá no trajeto da linha azul.

img_20180216_184942509586560764.jpg

img_20180216_1851095571748867424.jpg

img_20180216_1855026501806494994.jpg

img_20180216_1851212841526531346.jpg

O Hotel Hilton fica no Porto Madero, mas deve ser um hotel caro. Há opções de hotéis mais baratos na região do centro, na área do calçadão da Calle Florida. O Porto Madero não fica muito longe de lá. Para acompanhar mais fotos de viagens, me siga no Instagram. Também estou no Twitter.

Um pouco de Buenos Aires

No começo de 2014 cheguei à capital argentina de Buquebus, a partir de Colônia do Sacramento, no Uruguai. Me hospedei bem no calçadão, no centro e num fim de semana saí para conhecer Buenos Aires. Uma das regiões mais bonitas é El Caminito.

IMG_3915

Tem trilhos mas lá não passa o trem.

IMG_3920

Tem cafés, bares, restaurantes e lojas. E muita gente.

IMG_3924

IMG_3929

IMG_3932

O rio Riachuelo, um afluente do Rio da Prata que, inclusive, é bastante poluído.

IMG_3927

Uma das coisas que mais chama a atenção para quem circula por El Caminito em Buenos Aires é o colorido de alguns prédios.

IMG_3918

IMG_3919

Na região existem, além de lojas, restaurantes, bares e cafés.

IMG_3921

Quem não quiser consumir, pode apenas passear pelas ruas estreitas.

IMG_3923

IMG_3926

Claro que sempre é bom fazer umas comprinhas.

IMG_3931

IMG_3933

IMG_3930

Outro ponto turístico é o cemitério da Recoleta, onde fica o túmulo de Evita Peron.

IMG_3945

IMG_3946

IMG_3947

Na entrada há uma lista das pessoas sepultadas lá. Abaixo, o de Evita.

IMG_3953

 

IMG_3952

IMG_3954

Buenos Aires tem ainda a livraria Ateneo. É famosa na capital da argentina. Funciona no prédio de um antigo teatro. No palco, foi instalado um café. Além disso, a livraria possui salas de leitura e outros lugares especiais no meio aos livros.

IMG_3939

IMG_3941

IMG_3943

A sede do governo argentino é a Casa Rosada. Fica localizada no centro de Buenos Aires, não muito longe do obelisco da 9 de Julho. E fica bem na frente da Plaza de Mayo.

IMG_3892

A Casa Rosada é cercada para evitar a aproximação de manifestantes, que estão sempre reunidos na praça.

IMG_3895

A Casa Rosada não serve de moradia para o presidente argentino. É apenas a sede do governo.

IMG_3896

E embora o nome seja Casa Rosada, lá dentro tem um salão azul.

IMG_3900

O local usado para solenidades e coletivas de imprensa.

IMG_3907

A seguir fotos da perte interna.

IMG_3902

IMG_3904

IMG_3905

Assim como o Palácio do Planalto, em Brasília, a Casa Rosada é bastante procurada para visitação por argentinos e turistas.

IMG_3908

Buenos Aires tem no centro prédios bem antigos, assim como Montevideu, mas é mais bonita que a capital do Uruguai. Mais fotos de viagens no Instagram. Ou Twitter.