De Porto Alegre a Parobé sem passar pela BR-116

O caminho normal entre as duas cidades é pegar a BR-116 e depois a RS-239, mas eu resolvi fazer um caminho diferente. Saí de Porto Alegre pela Assis Brasil, atravessei Cachoeirinha e fui parar na estrada de Santa Tecla, em Gravataí. Era um sábado com céu nublado e algumas pancadas de chuva. A primeira parada foi na capela de Santa Tecla, em Gravataí.

A capela fica dentro de um grande terreno, onde é possível entrar de carro.

De lá segui em direção ao Norte, e fui parar em Lomba Grande, interior de Novo Hamburgo. Numa estrada de chão fica a capela de Nossa senhora das Graças. A capela é bonita, mas a entrada estava fechada, então a foto é de longe.

Lomba Grande tem vários casarões antigos.

A partir daí o roteiro é todo em asfalto, por estradas secundárias. A capela de Santa Maria do Butiá fica quase em Campo Bom. O portão também estava fechado e chovia.

Depois de cruzar o Rio do Sinos e tomar um café em Campo Bom, cheguei a meu destino, a cidade de Parobé. Quase na frente do hotel, fotografei esta casa antiga.

Parobé tem um hotel simples, o Cardozo, onde passei a noite. No dia seguinte fiz alguns passeios pela região. Confira mais fotos de minhas viagens por aí no Instagram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s