Do Rio da Prata a Antonio Prado

Para chegar a Antonio Prado passando pelo Rio da Prata, peguei uma estrada de chão em Vila Flores, a RS-437. Depois da ponte ferroviária mostrada no Post anterior, tem a barragem da usina PCH da ilha.

A estrada contorna o lago e passa sob a ponte ferroviária.

A usina em si não é possível ver da estrada. Tem apenas um trecho, ainda em Flores da Cunha, onde é possível ver a barragem entre árvores. Depois, a vista é só para o lago.

Na margem da estrada e do lago tem uma igreja de madeira. É a capela São Roque.

Em seguida tem um mirante, mas é apenas para ver o lago.

Eu tentei chegar perto da usina, mas desisti. Não sei se tem uma vista da barragem lá. No caminho da usina, mais uma capela. A de Nossa Senhora da Saúde.

Depois foi só subir para Antonio Prado. Às margens da estrada de chão, alguns casarões antigos chamam a atenção.

A RS-437 termina na 448. À direita o caminho leva a Nova Roma do Sul. À esquerda, Antonio Prado. As cascatas da usina ficam por lá. A foto abaixo é de uma delas.

Em Antonio Prado parei para o almoço e depois desci a RS-122. No caminho, mais locais para fotografar, sempre em estradas de chão e rotas alternativas. Tema para o próximo Post. Confira mais fotos de viagens no meu perfil no Instagram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s