Pelo interior de Gramado e Canela

Quem visita Gramado e Canela geralmente fica restrito à parte urbana. Existem, no entanto, roteiros por áreas rurais dos dois municípios. Um deles vai ao Vale do Quilombo, que pode ser avistado do mirante na saída de Gramado para Canela. A entrada é pela RS-235, alguns quilômetros adiante. Há placas indicativas. A estrada tem asfalto em uma parte e depois vira estrada de chão, mas em ótimo estado. O primeiro ponto de parada é esta igreja de madeira, a de São Valentim.

img_20180323_14084546572133298.jpg

img_20180323_1409137961136136000.jpg

A localidade é conhecida como Linha 28.

img_20180323_140945484_hdr1220917800.jpg

Na região tem um Eco parque, que cobra ingresso de 15 reais por pessoa. Mas o bom mesmo é simplesmente passear de carro e curtir a paisagem.

img_20180323_143447444347483073.jpg

img_20180323_141010409135647198.jpg

img_20180323_140901459_hdr1006108007.jpg

Do Vale do Quilombo é possível subir direto para Canela, por uma estrada que passa por uma região conhecida como Chapadão. Esta estrada é mais estreita e tem alguns trechos com pedras, mas é trafegável.

img_20180323_14560409628185429.jpg

Na parte urbana, Gamado está ficando mais bonita, com o colorido das árvores no Outono.

img_20180324_1049146981930556009.jpg

A foto abaixo é do Lago Negro, um dos mais famosos pontos turísticos da cidade.

img_20180324_104455350_hdr1550947779.jpg

Na Praça das Etnias, ao lado da rodoviária, é o ponto de saída dos roteiros pelo interior de Gramado. Existe um local com folhetos e explicações de todos os passeios. Vale a pena fazer um deles. Os ônibus são antigos e só uma viagem num deles já vale o passeio. Eu também costumo postar fotos no Instagram. Ou Twitter.

O Jardim Botânico de Caxias do Sul

Acho que poucos turistas sabem que Caxias do Sul tem um Jardim Botânico. Talvez grande parte dos moradores da cidade nem saiba também. O Jardim Botânico de Caxias fica no norte da cidade, perto da BR-116.

IMG_1537

IMG_1538

Tem lugar para estacionar o carro e não há pagamento de ingresso.

IMG_1540

IMG_1542

IMG_1547

Há trilhas para caminhadas mas se preferir, o visitante pode permanecer na parte que fica logo após a entrada. Há bastante sombra e áreas verdes.

IMG_1548

IMG_1553

IMG_1554

O Jardim Botânico de Caxias tem também um cactário.

IMG_1557

A área não é muito extensa, mas é um lugar bem legal de conhecer.

IMG_1555

IMG_1556

Na rua que fica ao lado do Jardim Botânico, há uma bela paisagem.

IMG_1559

IMG_1561

O endereço: na Rua Attilio Andreazza, no Parque da Represa. Informações no SITE. Para curtir minhas fotos me siga no Instagram ou no Twitter.

O Museu Militar de Panambi

Apesar do nome, o Museu Militar de Panambi é particular. Foi idealizado pelo Sr. Sefferson Steindorff, que é colecionador de materiais militares e presidente da Associação Cultural Museu Militar Brasileiro, criada em 2009 para recolher, preservar, conservar e expôr peças referentes à história das Forças Armadas Brasileiras. O resultado desse trabalho pode ser visto em Panambi, cidade do Noroeste do RS localizada a 370 Km de Porto Alegre.

IMG_1884

IMG_1885

O avião que aparece nas fotos é um Boeing 737, uma das últimas aquisições do Museu. Não é a principal atração. O Museu tem mais. Tem, por exemplo, a história da participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial.

IMG_1886

IMG_1887

Hoje, as guerras são mais tecnológicas, mas em 1940 a situação era bem diferente. Percorrendo o museu é possível perceber a dificuldade que os homens da Força Expedicionária Brasileira passaram na luta contra o Nazismo. Bem legal de ver.

IMG_1889

IMG_1890

Quem estiver pela região de Panambi ou for passar pela cidade pela BR-285, reserve um tempo para visitar o Museu Militar.

IMG_1891

IMG_1892

O Museu está localizado às margens da BR-285 a cerca de 2 Km do trevo de acesso a Panambi. À direita de quem segue para a região de Ijuí. Não tem como errar. O ingresso é R$ 12, mas há descontos para crianças e idosos. No museu há uma loja que vende roupas e materiais ligados às Forças Armadas. Ficou curioso? Então dê uma conferida no site do Museu. E para curtir minhas fotos, me siga no Instagram ou no Twitter.

A estação ferroviária que virou shopping

Um exemplo de como aproveitar lugares históricos. Em Curitiba, uma antiga estação de trem virou um dos mais bonitos shoppings da cidade. O Shopping Estação.

img_20180206_1817058002092230339.jpg

Não é um dos maiores da cidade, mas é um dos mais legais para passear. Eu gosto de passear por shoppings. O de Curitiba mantém uma parte da antiga estação, inclusive com uma Maria Fumaça.

img_20180206_182303215854195781.jpg

Tem um museu do trem com fotos antigas.

img_20180206_1822414921250749237.jpg

E o Shopping Estação é um dos mais movimentados de Curitiba.

img_20180206_1820144751862237095.jpg

img_20180206_182045485520289343.jpg

Em Curitiba ficam as lojas de uma franquia que faz um dos melhores pastéis do Brasil. A foto abaixo é da loja do Shopping Estação.

img_20180206_19035528015263936.jpg

E para quem não conhece Curitiba, uma foto do centro, no calçadão da XV. Bem parecido com o nosso calçadão da Rua da Praia, não acham…????

img_20180207_1057512621834087761.jpg Não é à toa que Curitiba é uma das capitais mais bonitas do País. Eu também tenho fotos no Instagram. E no Twitter.

Conhecendo a caverna do Diabo

No caminho de Curitiba a São Paulo, ou vice-versa, tem um lugar bem interessante para conhecer. É a Caverna do Diabo, que fica no município de Eldorado. Bem no sul de SP, perto da divisa com o Paraná. Há placas na BR 116 indicando o caminho, No total, a caverna tem mais de seis mil metros, mas a visitação é permitida em 700 metros. É o suficiente. Vale a pena conhecer.

A entrada:

No interior da caverna há várias galerias, num passeio que dura cerca de 1 hora.

Lembro que no dia em que visitei a Caverna do Diabo almocei num restaurante que fica no parque. Foi uma comida caseira muito boa e barata. Em Eldorado fiquei hospedado Hotel Pirâmide, simples mas bem confortável. E barato também. Mais fotos de viagem no Instagram. Ou Twitter.