A Basílica Nacional de Aparecida

Religião é coisa que não se discute. Quem quiser, que tenha. Eu, pessoalmente, acho que para acreditar em algum deus não precisa de intermediários. Passei pela Basílica Nacional de Aparecida, a padroeira do Brasil, numa de minhas viagens ao Sudeste. É um prédio monstro, onde tudo é cobrado. O estacionamento, a subida ao mirante, o oferecimento de missas, santinhos, etc. Lá nada é de graça,  numa irritante exploração da  fé. A seguir algumas fotos.

A imagem encontrada no rio por pescadores e que acabou gerando toda essa lenda de milagres.

Eles construíram uma torre de 16 andares onde funcionam um museu e toda a administração da basílica. Pagando, o fiel pode subir ao topo, onde há um mirante. Lá de cima se vê a cidade de Aparecida, que é pobre e vive em função do dinheiro deixado aqui pelos católicos.

Bem, independente de fé e religião, a basílica é um ponto turístico que não podia ficar de fora aqui no blog. Mais fotos de viagem no Instagram. Ou Twitter.

Um comentário sobre “A Basílica Nacional de Aparecida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s