Conhecendo os Segredos da Maçã

O roteiro que faltava em Veranópolis já está à disposição do turista. O Segredos da Maçã resgata a história dos imigrantes e da fruta, que foi plantada pela primeira vez no Brasil em Veranópolis. Por isso o município é conhecido como o berço nacional da maçã. Tudo começou lá pelos anos 30. Em 1935, o agricultor José Bin, comprou uma maçã vinda da Califórnia. Ele plantou cinco sementes nas suas terras em Lajeadinho. Um dos pés de maçã sobreviveu e a partir daí as plantações de maçã foram se reproduzindo. A região onde foi plantado o primeiro pé de maçã hoje tem outro dono, a Família Marins, que continua cultivando a terra, mas aposta principalmente nos vinhedos e nos pessegueiros. A casa onde morou José Bin ainda está de pé, sendo uma das atrações do roteiro.

DSCN6669_640x480

DSCN6659_640x480

DSCN6666_640x480

Na propriedade dos Marins ainda tem pés de maçã.

DSCN6671_640x480

E plantações de pêssego também.

DSCN6672_640x480

E onde começa o passeio? Começa no Reino Da longevidade, um café e fábrica de móveis que o Blog já mostrou em Post anterior. O roteiro é organizado pela Família Fracasso, que trabalha unida para mostrar ao visitante os segredos da maçã. O passeio é feito de Jeep ou Rural, e tem a duração entre 2h30 e 3 horas. Pode se estender um pouco mais.

DSCN6650_640x480

Já no Reino da Longevidade o turista fica conhecendo um pouco da história dos imigrantes no Brasil. Os integrantes da Família Fracasso chegaram ao Brasil em 1891. Depois, o passeio te leva a conhecer capelas, casas históricas, o local onde foi realizada a primeira Festa Nacional da Maçã na década de 70 e também onde está o busto de José Bin, aquele que plantou a primeira macieira no Brasil, lembra? As localidades de Monte Bérico e Lajeadinho são os primeiros pontos de parada. Lá, o visitante tem a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a religiosidade dos italianos.

DSCN6642_640x480

DSCN6646_640x480

Em Lajeadinho tem o busto de José Bin, o cemitério dos imigrantes e o local onde ocorreu a primeira Festa da Maçã.

DSCN6648_640x480

DSCN6657_640x480

DSCN6656_640x480

Depois de Lajeadinho é hora de conhecer a antiga propriedade dos Bin e o mirante ponte do Rio das Antas. Após uma caminhada breve, de uns 300 ou 400 metros, em meio a belas paisagens, o visitante tem a oportunidade de observar a histórica ponte de outro ângulo. O mirante está numa altitude de 470 metros, pouco mais de 300 metros acima da área do rio e da ponte, com seus famosos arcos.

DSCN6679_640x480

DSCN6683_640x480

Como a visão é frontal, é difícil perceber os arcos, que são observados pelas sombras na água.

DSCN6688_640x480

O mirante não garante apenas uma vista da ponte, mas de toda a região também, inclusive do Monte Claro, que é bem conhecido em Veranópolis.

DSCN6678_640x480

DSCN6686_640x480

Aliás, só a caminhada pela região já vale o passeio.

DSCN6673_640x480

DSCN6675_640x480

DSCN6689_640x480

O passeio de carro pela região de Monte Bérico e Lajeadinho também permite ao turista conhecer um pouco da cultura da região. Há uma série de casas antigas bem interessantes por lá.

DSCN6690_640x480

DSCN6701_640x480

DSCN6702_640x480

Esta casa abaixo é famosa porque foi local onde se escondeu um famoso bandido da região, conhecido como Paco.

DSCN6627_640x480

Depois da caminhada ao Mirante, é hora de fazer uma visita à Vinícola Simonetto, com degustação de vinhos incluída no roteiro. É a chance para experimentar bons vinhos e espumantes, além de sucos de uva e maçã. Além de fazer um tour pela vinícola e o processo de produção do vinho, o Senhor Claudionor, proprietário, conta também sobre os benefícios do vinho, já que é um dos segredos da longevidade. Ele explica sobre o cultivo da uva, processo de poda e amarração da planta. É uma verdadeira aula sobre vinho e vinícolas, dada por esse senhor que tem uma simpatia singular.

DSCN6695_640x480

DSCN6699_640x480

O final do passeio é celebrado com um café no Reino da Longevidade, com as delícias oferecidas pela Família Fracasso, já incluídas no passeio. Se você se interessou pelo roteiro Segredos da Maçã, saiba que já está à disposição. Custa entre 100 e 120 reais por pessoa, dependendo do número de participantes. Para saber mais, entre em contato com o Reino da Longevidade, que fica em Monte Bérico. A localização pode ser conferida no Google. Há um site, página no Facebook e email: contato@reinodalongevidade.com.br . Além disso, informações são dadas pelo telefone (54) 3441 0029. E se você for a Veranópolis, não deixe de conhecer a Casa Saretta, às margens da BR-470.

DSCN6624_640x480

Abaixo, foto da ponte do Rio das Antas já no solo… E lá no alto, está o Mirante, local da caminhada inclusa no roteiro.

DSCN6708_640x480

DSCN6709_640x480

Eu fiz um curto vídeo com o passeio de Rural, que é da década de 50. Uma das primeiras a chegar ao Brasil.

Veranópolis está a menos de 200 Km de Porto Alegre e a estrada, a BR-470, tem asfalto novo em folha. Se você quiser gastar menos em hospedagem, há um local pelo Airbnb que vale a penha conhecer. Visite a página do HospeSerra no Face.

2 comentários sobre “Conhecendo os Segredos da Maçã

  1. Pingback: Uma cascata escondida em Veranópolis | Viajando com MarcosH

  2. Pingback: Suco de uva natural também é bom | Viajando com MarcosH

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s