Na região da Ponte do Barreto em Triunfo

Saindo de Porto Alegre pela BR-290 fui até a região de Charqueadas e São Jerônimo neste passeio. Em São Jerônimo peguei a balsa que atravessa o Rio Jacuí para Triunfo.

img_20191025_1237056881633416652473152459.jpg

Depois fui em direção à BR-386 até a localidade do Barreto.

img_20191025_1301545667782998439860014263.jpg

Lá tem uma ponte ferroviária sobre o Rio Taquari. A Ponte do Barreto, que tem mais de 100 anos.

img_20191025_1307141793606530264655771785.jpg

img_20191025_1306543375167266993118838819.jpg

Hora de pegar mais um barco, agora para atravessar o Rio Taquari em direção a General Câmara.

img_20191025_1308008464657464948732833436.jpg

O barco passa bem perto da ponte.

img_20191025_131644730229818367277227719.jpg

img_20191025_1320081228338010297475884853.jpg

Há planos para transformar esta ponte ferroviária em ponte rodoviária também, o que encurtaria o caminho entre Triunfo e a região de General Câmara.

img_20191025_1320428492191339367047888733.jpg

img_20191025_1321178445935866651887813929.jpg

img_20191025_1321232736995633954375837166.jpg

Por enquanto esta travessia é feita de barco, ao preço de 10 reais por carro.

img_20191025_1321367131022768898643931592.jpg

img_20191025_1323167501209908348793591822.jpg

Do rio até General Câmara são 9 Km por estrada de chão.

img_20191025_1328471993026559789713860242.jpg

img_20191025_133622428977714193138160351.jpg

img_20191025_1339208943215586124234278784.jpg

No caminho alguns lugares bonitos.

img_20191025_1346391706283951222156137356.jpg

De General Câmara segui para Santa Cruz do Sul onde fotografei alguns casarões na região perto de Monte Alverne. Assunto para o próximo Post. Confira meu perfil no Instagram, com mais fotos.

O Lavandário Márcia Moraes de Morro Reuter

Morro Reuter tem se destacado também pelas plantações de Lavanda. Em Outubro ocorreu a Quarta Festa da Lavanda no município. Um dos locais com Lavanda que podem ser visitados é o Lavandário Marcia Moraes.  O casal Rubem e Marcia Moraes recebe grupos e visitantes particulares nos fins de semana.

img_20191020_1239430643460504071784899218.jpg

img_20191020_12402259134253037078372143.jpg

O casal também gosta de viajar e, na França, os dois conheceram de perto os trabalhos desenvolvidos com a lavanda. Há cerca de dois anos, Márcia começou a plantar a lavanda para embelezar a propriedade.

img_20191020_1239575436958957544577497859.jpg

img_20191020_1240514482682839008482855361.jpg

img_20191020_1240457165196435020195062546.jpg

A pedido da prefeitura, passaram a receber visitantes.

img_20191020_1241121567076990307576993953.jpg

img_20191020_1241330317652307039633562379.jpg

img_20191020_124143997164301341725413808.jpg

Além da plantação de lavanda, Márcia possui um jardim repleto de flores, dos mais variados tipos, cores e formas.  Atualmente, o lavandário possui cerca de mil pés de lavanda.

img_20191020_1315263325499910617883465218.jpg

img_20191020_1302177086255420690712751508.jpg

img_20191020_1314356844985393788892571828.jpg

Curiosidades da lavanda: a lavanda é uma das poucas flores que basta a gente fechar os olhos para seu perfume vir à mente. Pudera, ela contém um dos óleos essenciais mais usados no mundo, base para uma infinidade de cremes, shampoos, amaciantes e outros produtos de beleza e limpeza. Os romanos usavam a lavanda para lavar roupa, tomar banho e aromatizar ambientes e foram os primeiros a se beneficiar das propriedades calmantes da flor, empregada até hoje para controlar insônia, estresse e ansiedade, além de manter as traças afastadas das roupas guardadas. Um pé dura de quatro a cinco anos e para um  litro de óleo são necessárias 600 plantas.

img_20191020_1242251332739277105733084552.jpg

img_20191020_1242195276038936102293277637.jpg

img_20191020_1258208433673898959103774611.jpg
Visitas ao lavandário: para quem quiser conhecer de perto como é uma plantação de lavanda pode fazê-lo mediante agendamento pelo número (51) 99737-8433, ou pelo Facebook @lavandariomarciamoraes. Confira também meu perfil no Instagram.

O Café do Capril de Morro Reuter

Gosto muito de Morro Reuter e sempre que tem algum evento por lá apareço na região. Gosto de percorrer estradas da área rural e fazer descobertas.

img_20191020_1202374356261996809780600896.jpg

Desta vez fui conhecer o Café do Capril. Apenas conhecer o local, não cheguei a experimentar o café. O valor é 44 reais por pessoa. O Café do Capril fica numa área privilegiada com a natureza totalmente preservada e paisagens deslumbrantes.

img_20191020_1210042542738122733440805559.jpg

img_20191020_120928451545125869168237815.jpg

img_20191020_1209171981200148997968349002.jpg

img_20191020_1210341672740953614809177938.jpg

É um ambiente aconchegante e familiar, com uma grande área externa que oferece pergolados e bancos para admirar a natureza. Pracinha para as criança e  trilhas em meio as plantações de lavanda, além de visitação a criação de cabras.

img_20191020_1211253308354658250514302395.jpg

img_20191020_1211181634882036913330869970.jpg

img_20191020_1211304418376435892125855963.jpg

img_20191020_1211382408855213013066836808.jpg
No restaurante  são oferecidos diversos produtos a base de lavanda. O Café do Capril atende somente aos domingos, das 11h às 18h.  Mais informações podem ser adquiridas pelo (51) 99321-9858 ou (51) 99719-3450.

img_20191020_1215468263240375830262435299.jpg

img_20191020_1212055732323576682292249119.jpg

img_20191020_1209423095274995850282589805.jpg

O Café fica na localidade do Batatenthal, bem próximo ao Walachai. O Google mostra o caminho bem fácil. Há placas a partir da estrada que leva a Santa Maria do Herval. Confira mais fotos de viagens lá no Instagram.

Do Vale do Caí para a Serra

Um passeio de fim de semana que começou no Vale do Caí e terminou na Serra. Gosto muito de subir a BR 470 passando por Salvador do Sul e Barão até chegar na Serra. Desta vez fiz um caminho diferente. Fui por Brochier e Maratá. As fotos abaixo são na estrada, logo depois que sai de Montenegro.

img_20191012_1419190443307887588153462083.jpg

img_20191012_1419355347916544769574651220.jpg

img_20191012_1434335665124541413640569444.jpgMaratá tem duas cachoeiras que já mostrei aqui no site.

img_20191012_1454258006713761335109839883.jpg

De Maratá subi para a 470 por estrada de chão.

img_20191012_1504459135585998910271692361.jpg

Passei por Carlos Barbosa e fui a Bento Gonçalves, para um café. O café foi no Le Petit Macarons, que fica junto ao Hotel Dal Onder no Bairro Planalto.

img_20191012_1658579986309772776054313081.jpg

É um lugar bem agradável. Só é difícil de estacionar em dias de semana.

img_20191012_1656527228569397172722138193.jpg

img_20191012_1659044104673790883330571247.jpg

img_20191012_1659092671879477372707476792.jpg

img_20191012_165742838646582154655623092.jpg

img_20191012_1648289489087443776346399337.jpg

Depois do café passei pelo Caminhos de Pedra, na Casa do Tomate, entre outros locais.

img_20191012_1737063377394715012578996980.jpg

Fiquei duas noites em Caxias do Sul, mas no segundo dia de passeio fui até Gramado seguindo direto de Caxias, sem passar por Nova Petrópolis. Perto de Vila Oliva tem esta capela de madeira, que está precisando de reparos.img_20191013_1124004906488115127199442822.jpg

Depois de Vila Oliva, a estrada de chão está sendo preparada para o asfalto. Bem ruim de passar em alguns trechos por causa das pedras soltas, mas no geral está em bom estado.

img_20191013_1200223185691404093815410229.jpg

Este caminho passa pela histórica Ponte do Raposo e paisagens bem bonitas.

img_20191013_1200174903202325627883916783.jpg

img_20191013_1209041554793912754959604532.jpg

img_20191013_1209299686550295688442845391.jpg

Tava bem quente e tinha muita gente se banhando no Rio Santa Cruz.

img_20191013_1209385248699592267929665383.jpg

img_20191013_1209258501944005458506916034.jpg

img_20191013_1209183014829962623947587466.jpg

Em Nova Petrópolis o tempo mudou. Choveu e a temperatura caiu. O retorno a Caxias foi pela BR-116 e Estrada do Vinho. Na 116 pegamos um temporal. Na manhã seguinte fazia 18 gaus, depois de passar dos 30 nos dois dias anteriores. Confira mais fotos de viagens no Instagram.

Encerrando o roteiro das 497 cidades em Giruá

No último dia do roteiro que fizemos em outubro para conhecer as cidades que faltavam no RS estivemos em quatro delas. Três ainda bem próximo do Rio Uruguai. A primeira é Novo Machado.

img_20191010_0844024335140763438533848160.jpg

img_20191010_0844177447857724547299466267.jpg

img_20191010_0844303707364738108926297394.jpg

De Novo Machado pegamos uma estrada de chão para Porto Mauá, para cortar caminho. Passamos pela localidade de Três Pedras.

img_20191010_0904292905620773867296169917.jpg

img_20191010_0904197866142909980081794775.jpg

img_20191010_0904419893568706059984800867.jpg

No caminho a estrada passa próximo ao Rio Uruguai.

img_20191010_0914533973386392630610001222.jpg

Mais perto de Porto Mauá esta ponte sobre o Rio Santa Rosa. Ao lado da ponte ruínas de uma ponte mais antiga.

img_20191010_0924007211856704381426302381.jpg

img_20191010_0924329462369278995798512204.jpg

img_20191010_0924150688664392952208118939.jpg

img_20191010_0924295801595961822594892213.jpg

A cidade de Porto Mauá é pequena, com ruas apertadas.

img_20191010_0946127238477338269542098625.jpg

Na beira do Rio flagramos a balsa que faz ligação com a Argentina.

img_20191010_0931228848314762076576615989.jpg

img_20191010_0936333906369535674556833550.jpg

De Porto Mauá seguimos para Alecrim, que não fica nas margens do Rio.

img_20191010_1020187295122578997687377118.jpg

img_20191010_1020338651167623023538808458.jpg

img_20191010_1022340183146435873241704777.jpg

Enfim, seguimos em frente, já que faltava apenas uma cidade. Giruá foi a escolhida para fechar o roteiro por questões de logística.

img_20191010_1230198666159496996659324706.jpg

img_20191010_1235170997197579572996905358.jpg

img_20191010_1235366096863565915497473976.jpg

img_20191010_1313428723610534723612888364.jpg

Agora podemos dizer que conhecemos todas as 497 cidades do Rio Grande do Sul. O que fazer agora? Bem, vamos voltar a alguns lugares para conhecer melhor e vamos viajar para mais longe, SC e Paraná, para conhecer novas cidades e novos lugares. As viagens não param. Confira meu perfil no Instagram com mais fotos.