Casarão em ruínas no interior de Montenegro

Um casarão bem antigo e que deve ter sido muito bonito chama a atenção de quem passa pela Linha Santa Catarina, no interior de Montenegro, quase em Brochier.

Para chegar perto tive que atravessar um terreno com mato e um banhado.

Depois voltei por outro caminho, uma estrada de chão estreita que passa ao lado de uma casa.

O ponto de referência para achar o casarão é a igreja da Linha Santa Catarina.

O caminho para lá é por estrada de chão a partir da estrada que leva a Brochier.

O casarão em ruínas fica num terreno atrás do cemitério.

Na estrada para Brochier, perto da entrada da linha Santa Catarina, fica esta pequena igreja católica.

Por lá tem um armazém antigo.

E uma igreja verde, luterana.

A estrada para Brochier é asfaltada e está em bom estado, apenas com alguns desníveis. Montenegro fica bem perto de Porto Alegre. Na BR-386 tem um pedágio. Confira mais fotos de viagem no meu perfil no Instagram.

De volta à Caverna do Diabo

Cerca de 10 anos depois, voltei a visitar a conhecida Caverna do Diabo, no sul do estado de São Paulo. Fica bem perto da divisa com o Paraná. O acesso é pela BR-116, a Régis Bittencourt, a partir da cidade de Jacupiranga. Tem placas indicativas na rodovia. A estrada é ruim nos primeiros quilômetros, mas melhora depois de Eldorado. A entrada no parque custa 14 reais.

Depois é preciso pagar mais 18 reais pela visita guiada, mas vale a pena.

A caverna é muito grande, mas apenas 600 metros são passíveis de visitação.

O guia vai explicando o que são as formações rochosas vistas pelo visitante.

A trilha para caminhada é bem leve, sem problemas. A temperatura dentro da caverna é bem amena.

A caverna foi descoberta por moradores da região há muitos anos. Eles usavam a caverna para guardar alimentos que muitas vezes apareciam remexidos pelos animais. Algumas pessoas diziam que a caverna era morada do diabo, daí o nome. Muito depois, quando alguém chegou mais fundo na caverna, viu que era verdade. O Diabo deixou sua marca numa das paredes…

A cidade de Eldorado tem um bom hotel, o pirâmide. A visitação ao parque é permitida até 17 hs. O passeio dentro da caverna pode durar até uma hora e meia, dependendo da pressa ou não do visitante. Vale a pena conhecer este ponto turístico do estado de São Paulo. Mais fotos de minhas viagens são postadas no Instagram.

Passeio em Blumenau, SC

Blumenau é uma cidade com população de origem alemã, famosa pela Oktoberfest. Passei por lá em julho, no meio do inverno. Fiquei hospedado no Ibis Budget, a uma quadra do Rio Itajaí.

A avenida que margeia o rio tem prédios históricos perto do centro.

Tem também algumas capivaras.

Em época de muita chuva, o rio sobe bastante e alaga a cidade.

Perto do hotel tem uma ponte de ferro com cerca de 100 anos de história.

A região de Blumenau é bem movimentada, com estradas perigosas. A BR-470 está em fase de duplicação, o que vai melhorar a circulação de carros por lá. Blumenau tem um shopping no centro. Quando andei por lá vi que não tinha faixa de segurança nem semáforo para as pessoas atravessarem a movimentada avenida do shopping, mas depois descobri porque.

Como toda cidade de origem alemã, Blumenau tem ótimas padarias e restaurantes. Tem ainda uma boa rede hoteleira. Foi a segunda vez que passei por Blumenau e a primeira em que pernoitei por lá. Confira mais fotos de viagens lá no meu perfil no Instagram.

Um Cristo Redentor no interior de Minas Gerais

A cidade mineira de Elói Mendes não é muito conhecida. Fica no Sul do Estado, e é perto de Varginha, a cidade do ET. Para chegar a Elói Mendes é preciso pegar a estrada conhecida como Rodovia do Café. O que mais chama a atenção em Elói Mendes é o Cristo no alto de um morro na entrada da cidade.

O Cristo é visto da estrada e para chegar lá é bem fácil.

Perto de Elói Mendes passa o Rio Sapucaí, numa região bem bonita,

Também no Sul de Minas, perto da divisa com São Paulo, fica outra região bem bonita de Minas. Estamos aqui a quase 1.300 metros de altitude. A estrada que liga Pouso Alegre e Poços de Caldas tem uma pedra no caminho. Literalmente.

Em vez de tirar a pedra, fizeram a estrada em volta e transformaram a rocha num mirante.

Eu fiquei 19 dias na estrada em julho, percorrendo 4.200 km. Uma semana fiquei em Minas Gerais, um dos estados que mais gosto no Brasil. Faz frio em Minas também, mas principalmente à noite. Durante o dia a temperatura fica bem agradável. Minha próxima viagem a Minas já está sendo programada e o destino será diferente: o norte do Estado, na divisa com a Bahia. Vou de carro, lógico. Confira mais fotos no meu perfil no Instagram.

Estação ferroviária de Colinas tem café e casa do artesão

Estações ferroviárias que existem hoje pelo RS estão desativadas. Não há mais o transporte de passageiros, a não ser em linhas turísticas. Colinas é aquela tranquila cidade que fica no Vale do Taquari, perto de Estrela, Lajeado, Imigrante e Roca Sales. A estação ferroviária pode ser acessada de carro e fica perto de um túnel. Lá funciona a Casa do Artesão.

Tem também um pequeno café, que serve café colonial mediante agendamento.

Passeios de trem são raros, mas acontecem.

O túnel fica bem perto da estação e é possível caminhar pelos trilhos até ele, de preferência quando não há trens por lá.

Para chegar a Colinas a estrada tem asfalto a partir da BR-386.

Tem bastante opção de lazer por lá. Tem a Tenda Legal, o café Sabor e Arte e o Rio Taquari. Colinas é bem calma e tranquila, especialmente nos fins de semana. Confira mais fotos de minhas viagens lá no Instagram.